DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Dissertações de mestrado >
 Estudo do ciclo reprodutor e do crescimento de Solen marginatus e Venerupis pullastra na Ria de Aveiro: contributo para a gestão destes recursos pesqueiros
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4943

title: Estudo do ciclo reprodutor e do crescimento de Solen marginatus e Venerupis pullastra na Ria de Aveiro: contributo para a gestão destes recursos pesqueiros
authors: Maia, Francisco Manuel da Silva Rodrigues
advisors: Barroso, Carlos Miguel Miguez
keywords: Gestão do ambiente
Bivalves - Ria de Aveiro (Portugal)
Ciclo reprodutivo
Pescas - Gestão de recursos
Protecção do ambiente
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A Ria de Aveiro, localizada na costa ocidental norte portuguesa, é uma importante zona de exploração de moluscos bivalves. O longueirão (Solen marginatus) e a amêijoa-macha (Venerupis pullastra) encontram-se, do ponto de vista sócio-económico, entre as espécies mais importantes da Ria. Contudo, a sobrepesca exercida por pescadores profissionais e por pescadores ilegais tem conduzido a uma aparente exaustão dos stocks. Tornase assim imperativo a implementação de medidas de gestão e de conservação. Neste contexto, estudaram-se alguns aspectos da biologia das espécies e conceberam-se algumas bases científicas para a gestão destes recursos. Estudou-se o crescimento e o ciclo reprodutor de duas populações de longueirão e de amêijoa-macha da Ria de Aveiro em 2002 e 2003. O crescimento e a idade do longueirão e da amêijoa-macha foram estimados com base na leitura dos anéis externos visíveis na superfície da concha e a partir da análise do padrão da microestrutura interna da mesma (técnica da película de acetato). Apenas a técnica da película de acetato apresentou bons resultados para ambas as espécies. As curvas de crescimento de von Bertalanffy estimadas por esta técnica foram as seguintes: longueirão (Solen marginatus) Lt = 139,9 [1- e -0,30 (t+0,03)] amêijoa-macha (Venerupis pullastra) Lt = 54,3 [1- e -0,29 (t+0,30)] O ciclo reprodutor do longueirão e da amêijoa-macha foi classificado, após o processamento dos espécimes segundo métodos histológicos clássicos, em seis estados de maturação: (0) repouso sexual, (I) gametogénese inicial, (II) gametogénese avançada, (III) maturação, (IV) postura, (V) pós-postura. A análise do ciclo reprodutor de Solen marginatus mostrou que em 2002 a desova ocorreu entre Maio e Setembro, enquanto que em 2003 o período de emissão foi mais curto, tendo ocorrido entre Maio e Julho. Venerupis pullastra apresentou um longo período de postura, Março a Novembro. As ogivas de maturação das duas espécies estudadas permitiram estimar o comprimento da primeira maturação. O longueirão atinge a 1ª maturação sexual com o comprimento de 47,7 mm e a amêijoa-macha com o comprimento de 22,0 mm.

The Ria de Aveiro, an estuarine lagoon located in the portuguese north-west coast, is an important area of commercial exploitation of bivalves. The grooved razor shell (Solen marginatus) and the pullet carpet shell (Venerupis pullastra) are, from an economical point of view, among the most important species in the lagoon. However, the overfishing of these populations, both by professional and illegal fishermen, has leaded to an apparent exhaustion of the stocks. Thus, there is an urgent need for the implementation of management and conservation measures. In this context, it was studied some biological data of the mentioned species in order to established scientific basis for management proposals. The growth and the reproductive cycle of the grooved razor shell and the pullet carpet shell were studied at Ria de Aveiro in 2002 and 2003. Shell growth and age determination of the grooved razor shell and the pullet carpet shell were investigated using both surface growth rings and internal shell microgrowth patterns (by the acetate peel method). Only the acetate peel method showed good results for both species. The estimated von Bertalanffy growth curves were the following: grooved razor shell (Solen marginatus) Lt = 139,9 [1- e -0,30 (t+0,03)] pullet carpet shell (Venerupis pullastra) Lt = 54,3 [1- e -0,29 (t+0,30)] The reproductive cycle of the grooved razor shell and the pullet carpet shell was classified, after processing the specimens through classic histological methods, in six stages of maturation: (0) sexual rest, (I) start of gametogenesis, (II) advanced gametogenesis, (III) mature, (IV) spawn, (V) post-spawn. The analysis of the reproductive cycle of Solen marginatus in 2002 showed a spawning period between May and September, whereas in 2003 the spawning period was shorter, occurring between May and July. Venerupis pullastra showed a longer spawning period, March to November. The maturity ogives for the studied species allowed us to estimate the length at first maturity. The grooved razor shell reach first maturity at a total length of 47,7 mm and the pullet carpet shell at a total length of 22,0 mm.
description: Mestrado em Gestão e Políticas Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10773/4943
appears in collectionsCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado
Ria - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
206816.pdf5.4 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2