DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Distúrbio de stresse pós-traumático em acidentes de viação : consequências psicológicas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4745

title: Distúrbio de stresse pós-traumático em acidentes de viação : consequências psicológicas
authors: Cunha, Sofia Alexandra Gonçalves
advisors: Pereira, Anabela Maria de Sousa
Ferreira, João Monteiro
keywords: Psicologia do desenvolvimento
Adaptação (Psicologia)
Desenvolvimento psicológico
Activação do desenvolvimento
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Atendendo a que a taxa de sinistralidade rodoviária em Portugal é a maior de toda a Comunidade Europeia, o presente trabalho tem como objectivo principal investigar a prevalência do distúrbio de stresse pós-traumático em vítimas de acidentes rodoviários nacionais e averiguar as suas consequências a nível psicológico. A amostra foi constituída por 67 adultos (sendo 37 do sexo masculino e 30 do sexo feminino, variando as idades dos indivíduos entre os 22 e os 55 anos) vítimas de acidentes rodoviários ocorridos na Zona Norte de Portugal, sendo estes avaliados com um protocolo de avaliação constituído pelos seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, questionário de qualidade de vida, questionário de vulnerabilidade ao stresse (23QVS), uma escala de avaliação da resiliência, o inventário de depressão de Beck versão BDI – II e a escala de auto-avaliação do distúrbio de stresse pós-traumático. Os resultados obtidos evidenciam que 33% dos indivíduos inquiridos desenvolveram o distúrbio de stresse pós-traumático. Os indivíduos sem diagnóstico de distúrbio de stresse pós-traumático apresentam uma maior capacidade de resiliência e melhor qualidade de vida do que os sujeitos que desenvolveram este distúrbio. Verificou-se ainda a existência de comorbilidade entre depressão e o distúrbio de stresse pós traumático. Salienta-se que os indivíduos com diagnóstico de distúrbio de stresse pós-traumático são mais vulneráveis ao stresse do que os que não desenvolveram este distúrbio. São referidas algumas implicações, nomeadamente a necessidade de se efectuar uma prevenção mais eficaz e funcional, principalmente junto dos mais jovens.

As the accident disaster’s tax in Portugal is the highest of all European Community, this thesis has as its main object to investigate the prevalence of the disturbance of pos-traumatic stress in victims of accidents in national roads and verify its consequences at the psychological level. The sample was made up by 67 adults (37 males and 30 females, with ages between 22 and 55 years old) victims of road accidents that took place in the north of Portugal, being evaluated by a protocol of evaluation made up the following instruments: socio-demographic questionnaire, life quality questionnaire, vulnerability to stress questionnaire (23 QVS), a scale of evaluation of resilience, the inventory of depression of Beck – version BDI-II, and the scale of auto- evaluation of the pos-traumatic stress disorder. The obtained results put in evidence that 33% of the individuals inquired developed the pos-traumatic stress disorder. The individuals without a diagnosis of pos-traumatic stress disorder showed a bigger capacity of resilience and better life quality than those which developed this disorder. It was verified the existence of comorbility between depression an pos-traumatic stress disorder. It’s worth to point out that the individuals with a diagnosis of pos-traumatic stress disorder are more vulnerable to stress than those who didn’t develop this disorder. Some implications are referred, namely the necessity of performing a more effective and functional prevention, mainly among young people.
description: Mestrado em Activação do Desenvolvimento Psicológico
URI: http://hdl.handle.net/10773/4745
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2007001021.pdf583.6 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2