DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Teses de doutoramento >
 Análise de risco ecológico na Lagoa da Vela
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4738

title: Análise de risco ecológico na Lagoa da Vela
authors: Abrantes, Nelson José Cabaços
advisors: Gonçalves, Fernando José Mendes
Pereira, Ruth Maria de Oliveira
keywords: Biologia
Poluição da água
Contaminação da água
Pesticidas
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A Análise de Risco Ecológico (ARE) é um processo sistemático de avaliação da probabilidade de efeitos adversos ocorrerem em resultado da exposição a um ou mais agentes de stress ambiental. No contexto da tomada de decisão relativa aos problemas ambientais, a ARE tem-se mostrado como uma ferramenta fundamental e eficaz, sendo cada vez mais utilizada nos países desenvolvidos. Contudo, em Portugal, o seu uso continua muito limitado e incipiente. A Lagoa da Vela, localizada no litoral centro de Portugal, é um lago eutrofizado potencialmente exposto a contaminantes resultantes das actividades agrícola e pecuária que tem lugar na sua bacia de drenagem, e que comprometem seriamente o seu equilíbrio. Assim, o presente estudo teve como objectivo planear e desenvolver uma ARE retrospectiva na Lagoa da Vela, de modo a analisar os riscos para o ecossistema aquático resultantes da exposição a fontes de poluição difusa. Este estudo foi desenvolvido tendo por base a estrutura conceptual proposta pela Agência de Protecção Ambiental Norte Americana para AREs, a qual inclui 4 etapas principais: formulação do problema, caracterização da exposição, caracterização dos efeitos e caracterização dos riscos. Na fase de formulação do problema o ecossistema foi caracterizado, as fontes de poluição foram identificadas, elaborou-se um modelo conceptual e definiu-se um plano de análise. Na fase de caracterização da exposição confirmou-se a potencial contaminação da Lagoa da Vela por fontes de poluição difusa resultantes de actividades antropogénicas locais, ilustrada, principalmente, pelas elevadas quantidades de nutrientes e pela presença de pesticidas nas águas superficiais, nas águas subterrâneas, nos sedimentos e nos tecidos de peixe. Além disso, verificou-se que o uso de pesticidas nos campos adjacentes ao lago (nomeadamente alacloro) pode facilmente contaminar o sistema aquático por lixiviação, fenómeno que é amplificado pelas características específicas do local, como as propriedades do solo, a profundidade do aquífero, etc. Mediante a comparação das concentrações de pesticidas medidos na água superficial do lago e em sedimentos com valores de qualidade legislados e com dados toxicológicos, surgiram preocupações relativas a potenciais efeitos no biota aquático. As concentrações de pesticidas detectados na água subterrânea (colhida nos poços locais) ultrapassaram também os valores de segurança definidos para águas de consumo, o que constitui uma preocupação para a saúde da população local. A fase de caracterização de efeitos, baseada em bioensaios com espécies de fitoplâncton e zooplâncton, padrão e locais, mostrou que a contaminação do lago poderá comprometer o seu fraco equilíbrio afectando os produtores primários. Por fim, a fase de caracterização de riscos, através de uma metodologia baseada no peso das evidências, sustentou potenciais riscos, induzidos pela poluição difusa, no ecossistema da Lagoa da Vela e na saúde pública local.

Ecological Risk Assessment (ERA) is a process for systematically evaluating how likely it is that adverse ecological effects occur as a result of exposure to one or more stressors. In the arena of decision-making processes concerning the environmental problems, the ERA is a fundamental and feasible tool, and has becoming an increasingly used process in developed countries. However, in Portugal their use stills limited and insipient. Lake Vela, located in the Portuguese littoral-centre, is a eutrophic lake potentially exposed to contamination generated by agricultural and livestock activities held in its drainage basin, which are seriously compromising it´s ecological sustainability. Therefore, the present study aimed to plan and perform a retrospective ERA in Lake Vela to assess the risks posed by diffuse sources of pollution on the aquatic ecosystem. This study was conducted according the U.S. Environmental Protection Agency guideline for ERA processes, which include 4 main steps: problem formulation; characterization of exposure, characterization of ecological effects and characterization of risks. In the problem formulation step the ecosystem was described, the sources of pollution were identified, a conceptual model was designed and the analysis plan was defined. In the exposure characterization step it was confirmed the potential contamination of Lake Vela by diffuse sources of pollution from local anthropogenic activities, illustrated mainly by the high amounts of nutrients and by the presence of pesticides in surface water, groundwater, sediment and fish tissues samples. Moreover, it was verified that the use of pesticides (namely alachlor) on agricultural fields surrounding Lake Vela can easily contaminate the aquatic ecosystem through leaching, a phenomenon that is enhanced by the site-specific characteristics, such as soil properties, depth of the aquifer, etc. The comparison of pesticide concentrations recorded in lake surface water and in sediment with regulatory and toxicological benchmarks generated concerns about potential effects on the aquatic biota. The concentrations of pesticides recorded in groundwater (collected in local wells) were also above the recommended safety levels for drinking water, which constitutes a concern for the local public health. The characterization of effects, based on bioassays with standard and local phytoplanktonic and zooplanktonic species showed that lake contamination could compromise the weak balance of their communities by affecting the primary producers. At last, the step of risks characterization, performed following a qualitative weight-of-evidence approach, provided evidences regarding the risks posed by diffuse pollution to the Lake Vela ecosystem and local public health.
description: Doutoramento em Biologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/4738
appears in collectionsBIO - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
2008000372.pdf3.15 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2