DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Dissertações de mestrado >
 Europa esquecida?: a cobertura mediática das eleições europeias de 2009
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4716

title: Europa esquecida?: a cobertura mediática das eleições europeias de 2009
authors: Silva, Tiago André Casal da
advisors: Jalali, Varqá Carlos
Silva, Patrícia Catarina de Sousa e
keywords: Política europeia
Eleições: União Europeia
Parlamento Europeu
Meios de comunicação social: Portugal
Televisão
Jornais
issue date: 2011
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Neste trabalho analisamos a cobertura mediática portuguesa das eleições para o Parlamento Europeu de 2009. Procuramos verificar até que ponto as eleições europeias foram negligenciadas pelos media na sua cobertura noticiosa. A análise desta investigação reporta-se a quatro aspectos essenciais que poderão reflectir o escasso interesse dos media por estas eleições. O primeiro é a visibilidade que as eleições europeias tiveram nos meios de comunicação. A quantidade de notícias sobre o Parlamento Europeu e as suas eleições nos programas noticiosos e jornais dos seus Estados-Membros tem sido, ao longo dos anos, muito baixa. O segundo está relacionado com a natureza europeia das notícias, isto é, procuramos verificar até que ponto as notícias são centradas em assuntos europeus ou se atribuem maioritariamente atenção às questões nacionais, captando as eleições europeias como eleições de segunda ordem. Em terceiro lugar, analisamos os media frames usadas nas notícias. Procuramos verificar se as notícias salientam aspectos de estratégia e “horse-race” em detrimento de temas políticos e as posições dos candidatos em relação a estes. Neste sentido, são também analizadas dimensões relacionadas com a personalização da campanha e com conflito entre os actores. O quarto e último aspecto é o tom das notícias e o estilo de jornalismo. Analisamos se a cobertura noticiosa das eleições europeias foi maioritariamente negativa, positiva ou neutra para com a UE e se o estilo utilizado pelos jornalistas foi maioritariamente descritivo ou interpretativo. Em termos empíricos, a análise reportada nesta dissertação é feita com base nos dados nacionais de um projecto comparativo europeu sobre a cobertura mediática das eleições europeias de 2009, envolvendo treze países da UE. Em específico, este trabalho baseia-se na análise de conteúdo de um total de 496 notícias sobre as eleições europeias de 2009, feita com base no “codebook” desse projecto e cobrindo a totalidade da cobertura feita pelos três principais programas noticiosos de televisão (RTP, SIC e TVI); e dois dos principais jornais diários – Público e Jornal de Notícias – durante as três semanas que antecederam o dia de eleições. De uma forma geral, os resultados da análise feita neste trabalho demonstram que as eleições de 2009 para o Parlamento Europeu e a UE foram, de facto, negligenciadas pelos media. A visibilidade destas eleições foi menor do que outras eleições nacionais e a natureza da cobertura foi predominantemente doméstica e não europeia. Os resultados demonstram, igualmente, que estratégia, personalização e conflito foram aspectos fortemente salientados pelos media na cobertura noticiosa da campanha.

In this work we analyse the Portuguese media coverage of the 2009 European Parliament (EP) elections. We attempt to verify to what extent the media neglected the European elections in their news coverage. Our study focuses on four essential features that may reflect the low interest of the media in these elections. The first is related to the visibility of the European elections in the mass media. The amount of news either regarding the EP, or its elections, has been very low across all EU member states, be it in TV coverage or printed press. The second aspect reports to the European nature of the news, if they are in fact about European issues or whether they focus, instead, on domestic issues, reflecting the second-order nature of the European elections. The third aspect is centred on the media frames used in the news. We verify whether the analysed news emphasise the strategy and ‘horse-race’ aspects of the campaign at the expense of substantive political issues and the positions of candidates regarding such issues. The analysis also takes into account the personalization of the campaign and the conflict between actors. Finally, the fourth aspect is the tone/ tendency of the news and the journalistic style. We were interested in analyzing if the news coverage of the EP elections was more negative, positive or neutral with regards to the EU and if the journalistic style used in the news coverage was more descriptive or interpretative. This study is based on the national data of a European comparative project concerning the media coverage of the 2009 European Parliament elections, involving 13 countries. In specific, this work is based on the content analysis of 496 news about the 2009 European elections. We used the European comparative project’s codebook and examined all the coverage done by the three main television news bulletins (RTP, SIC and TVI); and two main press diaries – Público and Jornal de Notícias – during the three weeks before the election day. Overall, the analysis and results provided in this research demonstrate that the 2009 European Elections and EU were, in fact, neglected by the media. The visibility of these elections was smaller in comparison to other national elections and the nature of the coverage was predominantly domestic instead of European. The results also show that the campaign was essentially framed by the media in terms of strategy, personalization and conflict.
description: Mestrado em Ciência Política
URI: http://hdl.handle.net/10773/4716
appears in collectionsCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Tese.pdf778.16 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2