DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Teses de doutoramento >
 Prestação familiar de cuidados a idosos dependentes com e sem demência: abordagem multidimensional das (dis)semelhanças
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4664

title: Prestação familiar de cuidados a idosos dependentes com e sem demência: abordagem multidimensional das (dis)semelhanças
authors: Figueiredo, Daniela Maria Pias de
advisors: Sousa, Liliana Xavier Marques de
Lima, Margarida Pedroso de
keywords: Ciências da saúde
Pessoas idosas - Cuidados familiares
Cuidados de saúde
Pessoas idosas - Demência
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A investigação acerca da prestação informal de cuidados tem privilegiado a análise dos impactos negativos (sobrecarga). Todavia, uma abordagem que exclui os aspectos positivos é incapaz de proporcionar uma explicação compreensiva da complexidade da prestação de cuidados a um familiar idoso dependente. Paralelamente, a maioria dos estudos sobre os impactos da tarefa de cuidar recai sobre os cuidadores de idosos com demência. Assim, torna-se fundamental comparar o impacto desta tarefa nos cuidadores familiares de idosos dependentes com e sem demência. Os modelos transaccionais de stresse permitem explorar a complexidade e dinâmica da prestação informal de cuidados. Este estudo tem como principal finalidade compreender a perspectiva de cuidadores familiares de idosos dependentes com e sem demência acerca das principais dinâmicas inerentes a prestação de cuidados, como se relacionam e quais os efeitos sobre o seu bem-estar. A amostra compreende 99 cuidadores familiares de idosos dependentes: 52 cuidam de um idoso com demência e 47 de um idoso sem demência. Foram administrados vários instrumentos para avaliar diferentes variáveis inerentes ao contexto da prestação familiar de cuidados: variáveis sócio-demográficas e contextuais do cuidador familiar e do idoso dependente, grau de dependência funcional do idoso, stressores primários objectivos e subjectivos, tensões de papel e tensões intrapsíquicas, percepção das dificuldades, estratégias de coping, satisfações, rede social pessoal, satisfação com a vida e percepção do estado de saúde. Os principais resultados indicam que: i) ambas as sub-amostras de cuidadores tendem a percepcionar o seu estado de saúde como fraco, contudo é a nível da saúde mental que se verificam diferenças relevantes entre as sub-amostras, sendo que os cuidadores familiares de idosos sem demência se encontram significativamente melhor; ii) os cuidadores familiares sentem-se um pouco insatisfeitos com a vida, embora aqueles que cuidam de um idoso sem demência tendam a apresentar resultados mais favoráveis; iii) as satisfações que derivam da prestação de cuidados estão presentes e coexistem a par com as dificuldades; iv) a situação de demência ou não no receptor de cuidados não parece assumir um papel determinante no reconhecimento das fontes de satisfação, coping e rede social pessoal; v) a sobrecarga do papel surgiu mais frequentemente como preditora da satisfação com a vida e da percepção do estado de saúde do cuidador. Estes resultados têm implicações na intervenção: alertam para a necessidade de planeamento de respostas diferenciadas, baseadas na percepção do cuidador; despertam para a importância de ajudar os cuidadores a identificar fontes de satisfação na prestação de cuidados, já que estas se associam ao enriquecimento da relação de cuidados, ao incremento do bem-estar do cuidador, coping eficaz e reduzida institucionalização do idoso.

The impact of caregiving on family carers of the dependent elderly have been described by research rnainly based on negative aspects, such as burden. However, the exclusion of the positive aspects hinders a comprehensive vision concerning the complexity of informal care. Additionally, research has focused on family carers of demented elderly persons, which justifies the need of studying and comparing family carers of elderly people with and without dernentia. Transactional models of stress help to provide a good explanation about the cornplex dynarnics of farnily caregiving. This study aims an understanding of subjective perceptions of family carers of dependent elderly with and without dementia on the main dynamics of caregiving, the relation between them and their irnpacts on well-being. The sample comprises 99 family carers of dependent elderly: 52 care for a demented elderly person and 47 for a non demented one. Diverse instruments were administrated to assess different variables of the informal caregiving context: social-dernographic and contextual variables of farnily carer and dependent elderly, elderly functional dependence degree, objective and subjective primary stressors, secondary role strains, secondary intrapsychic strains, perceived degree of difficulty, coping strategies, satisfactions, personal social network, satisfaction with life and health status perception. The main findings suggest that: i) both sub-samples tend to perceive a poor health status, however those who take care for a dependent elderly without dernentia tend to experience a better mental health; ii) life satisfaction is generally low, but tend to be higher amongst those who take care for dependent elderly without dementia; iii) satisfactions coexist with difficulties in both sub-samples; iv) caring for a demented or non-demented elderly person does not seem to be a deterrninant factor concerning sources of satisfaction, coping, and social personal network; v) role overload becarne more frequently predictor of carer life satisfaction and health status perception Important implications for intervention can be drawn from these findings: the need to differentiate intervention programmes, depending on caregivers perceptions; helping carers to identify sources of satisfaction, as they are associated with the improvement of caring relationship and carer well-being, effective coping strategies and reduced elderly institutionalization.
description: Doutoramento em Ciências da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10773/4664
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
CS - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
209832.pdf4.14 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2