DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Teses de doutoramento >
 Desregulação de mercados, estratégia e desempenho no sector das telecomunicações: uma abordagem à rede móvel em Portugal
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4613

title: Desregulação de mercados, estratégia e desempenho no sector das telecomunicações: uma abordagem à rede móvel em Portugal
authors: Fonseca, Raquel Matias
advisors: Soares, Maria Isabel
Diz, Henrique
keywords: Gestão industrial - Teses de doutoramento
Indústria de telecomunicações
Redes de comunicação móveis
issue date: 2004
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho analisa os factores subjacentes à profunda mudança estrutural que os sistemas de Telecomunicações, em diversos países, têm vindo a sofrer. Para o efeito, começamos por estudar o sector como um todo, identificando as características técnico-económicas mais relevantes, a partir de conceitos fundamentais: indústrias de rede, monopólio natural e falhas de mercado No sentido de averiguar as implicações dos conceitos acima referidos, analisámos três estudos de caso: Estados Unidos, Reino Unido e Nova Zelândia. Posteriormente, passámos ao caso do mercado português de telecomunicações, começando por uma abordagem essencialmente qualitativa. Numa segunda fase, adaptámos a metodologia de Banker, Chang e Majumdar (1993), para avaliar diferentes dimensões de desempenho dos operadores de rede móvel em Portugal, no período 1991-2001. O desempenho é medido usando um modelo multi-período, que permite decompor o indicador de rendibilidade em quatro componentes: produtividade, recuperação de preços, mix de produtos e utilização de capacidade. Os resultados mostraram um quase padrão de imitação entre as três empresas. Verificámos também que o aumento de concorrência e a introdução dos produtos pré-pagos foram responsáveis pela mudança de estratégias: de diferenciação para baixo custo.

This work analyses the underlying factors of the structural change that Telecommunications Systems have been suffering in several countries. We start with a generic overview of the sector, trying to identify the relevant technoeconomic features, which implied the study of three essential concepts: network industries, natural monopoly and market failure. In order to investigate the practical implications of the referred concepts, three case studies were carried out (United States, United Kingdom and New Zealand). Afterwards we studied the Portuguese Telecommunications case, in both qualitative and quantitative perspectives. We used the methodology developed by Banker, Chang and Majumdar (1993) in order to examine and evaluate dimensions of performance for the three Portuguese mobile operators in the period between 1991-2001. Performance is measured using a multi-period ratio analysis model, which enables decomposition of profitability into 4 components: productivity, price recovery, product mix and capacity utilization. The results have shown an imitation pattern between the three firms. The findings have also shown that the increase in competition, along with the prepaid services, induced a shift in the operators’ strategies from differentiation to low cost.
description: Doutoramento em Gestão Indústrial
URI: http://hdl.handle.net/10773/4613
appears in collectionsDEGEI - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
tese.pdf5.36 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2