DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 A escola na prevenção de comportamentos de risco: o tabagismo e o consumo de álcool
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4609

title: A escola na prevenção de comportamentos de risco: o tabagismo e o consumo de álcool
authors: Casal, António de Almeida Lourenço
advisors: Pereira, Maria de Lourdes
Baptista, Luís
keywords: Ensino das ciências
Educação para a saúde
Tabagismo
Alcoolismo
Comportamento de risco - Adolescentes
Ensino secundário
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A escola constitui o espaço, por excelência, para intervir na prevenção dos comportamentos de risco dos adolescentes. A Educação para a Saúde na escola deve basear-se num conceito holístico de saúde, ser orientada para a acção e envolver activamente os alunos. Estes princípios fundamentam o designado Paradigma Democrático de Educação para a Saúde. Vários grupos de trabalho da Rede Europeia de Escolas Promotoras de Saúde, no âmbito da Educação para a Saúde Democrática, sugerem a abordagem pedagógica IVAC (Investigations–Visions–Actions–Changes). A perspectiva democrática de educação para a saúde defende que, a partir do desenvolvimento de conhecimentos e percepções, os alunos adquiram a competência para a acção e para a mudança. Esta finalidade pode ser alcançada através de um projecto de acção orientado pelo professor. Este trabalho de investigação compreende duas partes. A primeira é um estudo descritivo com a finalidade de caracterizar as percepções, atitudes e os hábitos de consumo de tabaco e de álcool dos alunos. A segunda é um estudo longitudinal e compreendeu a implementação de um plano de intervenção, com o intuito de influenciar positivamente os conhecimentos, percepções e intenções de consumo de tabaco e de álcool. Os resultados obtidos no estudo descritivo apontam para alguma falta de significância, para os alunos, de algumas temáticas de saúde. Apesar de mais de oito décimos dos alunos percepcionar negativamente o tabagismo, cerca de um quinto dos rapazes e um décimo das raparigas fuma pelo menos uma vez por semana. Cerca de dois terços dos alunos percepciona negativamente o consumo de álcool. Contudo, quase dois terços dos rapazes e perto de um terço das raparigas consome bebidas alcoólicas pelo menos uma vez por semana. O estudo longitudinal mostrou um aumento da percepção negativa, um aumento dos conhecimentos das consequências, tanto do tabagismo como do consumo de álcool. Este estudo aponta também para uma diminuição nas intenções de consumo tanto em relação ao tabaco como às bebidas alcoólicas. Os resultados mostram a eficácia, pelo menos a curto prazo, e a importância da implementação, na escola, de uma educação para a saúde democrática, em detrimento de uma educação para a saúde moralística.

School is the most relevant place for an intervention towards the prevention of health risk behaviour among adolescents. School health education should be grounded on a holistic concept of health, should be action-oriented and involve students actively. These principles support the democratic health education paradigm. Several groups from the European Network of Health Promoting Schools suggest the IVAC (Investigations-Visions-Actions-Changes) approach. The democratic health education’ perspective claims that pupils acquire the action competence and generate change through the development of knowledge and perceptions. This goal can be achieved through an action project lead by the teacher. This investigation comprises two parts. The first is a descriptive study and intend to characterise the perceptions, attitudes and the students’ consumption patterns of tobacco and alcohol. The second part is a longitudinal study and presents the results of the implementation of an intervention plan in order to influence positively the knowledge, perceptions and intentions of tobacco and alcohol consumption. The results from the descriptive study indicate a lack of significance of some health issues for the students. Although more than eight tenth of the students evidence negative perception of smoking, about a fifth of the boys and a tenth of the girls smoke at least once a week. Approximately two thirds of the students show a negative perception of alcohol consumption. However almost two thirds of the boys and about a third of the girls consume alcoholic drinks at least once a week. The results of the longitudinal study display an increase of the negative perception, a rise of the knowledge of the consequences of smoking as well as alcohol consumption. This study shows a decrease of the intentions to consume tobacco and alcoholic drinks. The results show the effectiveness, at least at a short time, and the importance of the implementation of the democratic health education rather a moralistic heath education.
description: Mestrado em Ensino de Geologia e Biologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/4609
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
210072.pdf797.17 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2