DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Caracterização de integrões de classe 1 em Pseudomonas aeruginosa
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4510

title: Caracterização de integrões de classe 1 em Pseudomonas aeruginosa
authors: Tortas, Luís Miguel
advisors: Mendo, Sónia
keywords: Microbiologia
Bactérias patogénicas
Resistência a antibióticos
Infecções hospitalares
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Pseudomonas aeruginosa é um agente patogénico oportunista, sendo um dos principais agentes de infecção nosocomial em doentes imunodeprimidos. O aumento da frequência de estirpes multi-resistentes de P. aeruginosa tem contribuído para o aumento da morbilidade e mortalidade de doentes hospitalizados. P. aeruginosa é resistente, de forma natural ou adquirida, a um grande número de antibióticos, devido a alterações da permeabilidade da membrana externa, mecanismos de efluxo, alteração das PBPs e produção de β-lactamases. As β-lactamases são determinantes de resistência importantes, uma vez que estas enzimas hidrolisam o anel β-lactâmico do antibiótico, tornando-o inactivo. A presença de β-lactamases em estruturas genéticas móveis, como plasmídeos e integrões da classe 1, tem contribuído para a sua disseminação. Este estudo teve como objectivo a pesquisa e caracterização de intregrões de classe 1 em isolados clínicos de P. aeruginosa. Foram analisados 42 isolados colhidos no Hospital Infante D. Pedro Aveiro, no período de Outubro de 2007 a Janeiro de 2008. A identificação e determinação dos perfis de susceptibilidade dos 42 isolados, foram executadas no sistema automatizado Vitek®2 da Biomerieux®. A pesquisa e caracterização de integrões de classe 1, foi efectuada pela técnica de PCR. Integrões de classe 1 foram identificados em 14 isolados de P.aeruginosa. A amplificação das zonas variáveis e posterior determinação da sequência nucleotídica revelou a presença de 8 integrões distintos. Em 3 isolados, foi detectada a presença do integrão In99, descrito em estudos anteriores realizados no mesmo hospital. Os resultados deste trabalho alertam para a possibilidade de disseminação dos genes de metalo-β-lactamases VIM-2, que foram identificados em integrões de 4 isolados de P. aeruginosa e mostram a prevalência do In99, o que sugere a sua disseminação na comunidade/ambiente hospitalar.

Pseudomonas aeruginosa is an opportunistic human pathogen, it is the leading cause of nasocomial infections in patients with compromised immune defences. The increased frequency of multiresistant strains of P.aeruginosa has contributed to increase morbidity and mortality in hospitalized patients. The bacterium is naturally resistant to many antibiotics due to the permeabiliity barrier afforded by its outer membrane, restricted uptake and efflux, drug inactivation and changes in targets. The β-lactamases are important determinants of resistance, since these enzymes catalyse the hydrolyse of the β-lactam ring of the antibiotic, inactivating it. The presence of β-lactamases in mobile genetic structures, such as plasmids and integrons of Class 1, has helped spread these determinants. The aim of this work was to study the prevalence of integrons of Class 1 containing genetic determinants of resistance to antibiotic in P. aeruginosa. P. aeruginosa isolates were recovered from 42 patients admitted to the Hospital Infante D. Pedro, Aveiro, during October of 2007 and January of 2008. These isolates were identified and antibiotic susceptibilities were determined by the automatic Vitek®2 Biomerieux®. The detection of integrons, was performed by PCR followed by sequencing. Class 1 integrons were identified in 14 of the isolates possessing 8 distinct cassetes de gene arrays. This study demonstrated the presence of the In99 integron, which was identified in previous studies in the same hospital. The results of the present study suggest the possibility of spreading of metallo-β-lactamase VIM-2 genes, which were identified in integrons of 4 strains of P. aeruginosa and showed the prevalence of the In99, which suggests its spread in the community / hospital.
description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/4510
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001606.pdf1.59 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2