DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Modelos gaussianos de primeira e segunda geração : um caso de estudo
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4497

title: Modelos gaussianos de primeira e segunda geração : um caso de estudo
authors: Mesquita, Ana Paula Godinho Cordeiro
advisors: Miranda, Ana Isabel Couto Neto da Silva
Azevedo, António Pedro Viterbo de Sousa
keywords: Poluição atmosférica
Dispersão atmosférica
Qualidade do ar
Dióxido de enxofre
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O modelo gaussiano de dispersão atmosférica Industrial Source Complex, versão 3 (ISC3) tem sido amplamente usado em Portugal, nos últimos anos, em estudos de qualidade do ar. O ISC3 é, actualmente, o modelo de aplicação geral recomendado para aplicações regulamentares nos Estados Unidos da América, mas a curto prazo irá ser substituído pelo AERMOD, considerado um modelo de segunda geração que reflecte o conhecimento científico adquirido ao longo das últimas décadas. No âmbito da presente dissertação, os dois modelos são utilizados para previsão das concentrações de dióxido de enxofre ao nível do solo, resultantes das emissões de uma central termoeléctrica convencional, a carvão, situada na região de Abrantes. É analisada a influência, nos valores estimados pelo AERMOD, da selecção de parâmetros relacionados com os usos do solo, específicos do local, que o modelo requer como dados de entrada. A apreciação geral do desempenho dos dois modelos, de primeira e segunda geração, para as condições de simulação que caracterizam o caso de estudo, tem por base a comparação entre as estimativas e as concentrações medidas nas estações de monitorização da qualidade do ar existentes na envolvente da central. O presente trabalho propõe um contributo adicional para a utilização, em Portugal, de modelos de dispersão de tipo gaussiano avançados, procurando identificar as vantagens, bem como as limitações presentes face à natureza e ao formato da informação de base requerida.

The Gaussian dispersion model Industrial Source Complex, version 3 (ISC3) has been widely used in Portugal in air quality studies over the last years. ISC3 is currently the recommended model within the United States of America for general regulatory purposes, but soon will be replaced by AERMOD, which is considered a new generation model that incorporates the scientific knowledge gained over the last decades. Within the present dissertation, both models are applied to the prediction of sulphur dioxide ground level concentrations due to the emissions from a conventional coal power plant, located in Abrantes region. The sensitivity of AERMOD predictions to the selection of site-specific land use parameters, required as input, is discussed. The analysis of the overall performance of both old and new generation models, under the simulation conditions of the case study, is based on the comparison between predictions and measured concentrations from the air quality monitoring stations located around the plant site. The current work is intended to be a contribution to the use of advanced Gaussian type dispersion models in Portugal, trying to identify the advantages, as well as the current limitations considering the type and the format of the required base data.
description: Mestrado em Poluição Atmosférica
URI: http://hdl.handle.net/10773/4497
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2007001158.pdf11.05 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2