DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 Idosos mais idosos: narrativas, ciclo de vida e estilos de vida
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4024

title: Idosos mais idosos: narrativas, ciclo de vida e estilos de vida
authors: Rosa, Ana Filipa Silva Pereira da
advisors: Neves, Aníbal Rui de Carvalho Antunes das
keywords: Gerontologia
Pessoas idosas
Envelhecimento
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O envelhecimento da população, mais especificamente da própria população idosa, conduz ao aumento da proporção de idosos mais idosos (com 80 anos ou mais). Neste sentido, com este estudo pretende-se conhecer e caracterizar o estilo de vida desta população, de forma a perceber qual a importância que este tem na idade dos idosos mais idosos e identificar o que há em comum no estilo de vida deste idosos. Este estudo possui uma metodologia qualitativa, sendo um estudo de carácter fenomenológico e descritivo. O processo de amostragem foi nãoprobabilístico, por conveniência. A amostra é constituída por 8 idosos com idade igual ou superior a 80 anos (4 do sexo masculino e 4 do sexo feminino). Para a recolha de dados optou-se por realizar entrevistas individuais semiestruturadas, tendo sido construído um protocolo de entrevista constituído por 3 partes: Mini-Mental State Examination, informação pessoal e guião da entrevista. O tratamento de dados foi feito recorrendo a análise de conteúdo. Os principais resultados deste estudo mostram: a) a existência de diferenças no estilo de vida de acordo com o sexo do idoso; b) alterações em várias componentes do estilo de vida após a reforma; c) a não existência de um padrão de estilo de vida entre os idosos mais idosos. Este estudo permite concluir que o envelhecimento é um processo diferencial, o que reflecte o estilo de vida muito próprio de cada idoso e que justifica a não existência de um padrão no estilo de vida dos idosos mais idosos.

The ageing of the population, more specifically the elderly population, leads to the increase in the proportion of older seniors (with 80 years or more). In this sense, the intention of this study is to meet and characterize the lifestyle of this population, in order to realize how important this is in the older age of the elderly and identify what's in common in the lifestyle of these elderly people. This study has a qualitative methodology, being a study of phenomenological and descriptive character. The sampling procedure was non-probabilistic, for convenience. The age group consists of 8 elderly with 80 years or more (4 males and 4 females). Data collection was chosen to perform individual semi-structured interviews, having been created an interview protocol consisting of 3 parts: Mini-Mental State Examination, personal information and script of the interview. The data processing was done using content analysis. The main results of this study show: a) the existence of differences in lifestyle according to the sex of the elderly; b) changes in several components of lifestyle after retirement; c) the non-existence of a pattern of lifestyle among older elderly people. This study leads to the conclusion that aging is a differential process, which reflects the very own lifestyle of each aged justifying the non-existence of a pattern in the lifestyle of older seniors.
description: Mestrado em Gerontologia - Gestão de Equipamentos Sociais
URI: http://hdl.handle.net/10773/4024
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4441.pdf701.38 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2