DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Mapeamento de habitats bentónicos da enseada de Caraguatatuba, Brasil
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/4002

title: Mapeamento de habitats bentónicos da enseada de Caraguatatuba, Brasil
authors: Miranda, Alex
advisors: Turra, Alexander
Quintino, Victor Manuel dos Santos
keywords: Biologia marinha
Gestão de zonas costeiras - Brasil
Ecossistemas marinhos
Macrofauna bentónica
Sedimentos marinhos
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho foi desenvolvido na Enseada de Caraguatatuba – São Paulo e teve por objetivo diagnosticar os padrões sedimentares assim como comparar a macrofauna bentónica presente em malhas de 1,0mm e 0,5mm determinando o melhor custo/benefício para o monitoramento de programas de gerenciamento. Para tanto, a definição dos locais a serem diagnosticadas foram determinados através de carta acústica fornecida. Pelos resultados obtidos a enseada apresenta três padrões sedimentares, sendo, areia grosseira – região mais distante da costa, vasas – próxima a costa e areias muito finas – locais intermediarios aos outros dois. De acordo com as comparações entre as malhas utilizadas para amostragem da macrofauna, a de 0,5 mm se mostrou a mais eficaz, pois apenas o uso da malha de 1,0 mm não permite demonstrar a existência do grupo biológico que habita as areias grossas. A fauna bentônica apresentou agrupamento conforme os diferentes níveis de profundidade. Foi detectado, através de sobreposição dos grupos de afinidade sedimentar e biológico com a carta acústica, que estes não apresentam correspondência. A importância deste trabalho está em produzir um documento que subsidiará futuras decisões para o correto gerenciamento costeiro da região. O autor deste trabalho propõe que as estações presentes nos habitats que correspondem a areia grosseira, sejam incluídas na Zona Marinha 2 Especial por ter apresentado altos valores de riqueza e diversidade.

This work was developed in Caraguatatuba - São Paulo aimed to diagnose the sedimentary patterns and compare the benthic macrofauna in different sieve mesh – size (1.0 mm and 0.5 mm) determining the best value for monitoring management programs. For this, the definition of sites was determined to be diagnosed by acoustic map provided. By the results obtained, the bay presents three patterns sedimentary features, coarse sand - region farther from the coast, mud - near the coast and very fine sand. According to the comparisons between the meshes – size used, 0.5 mm has proven to be more efficient, since only the use of a mesh of 1.0 mm does not prove the existence of a biological group that inhabits the thick sand . The benthic fauna showed grouping according to different levels of depth. Was detected by overlapping groups of sedimentary and biological affinity with the letter sound, they do not match. The importance of this work is to produce a document that will fund future decisions for proper management of the coastal region. The author of this paper proposes that the stations found in habitats that correspond to coarse sand, are included in Zone 2 Special for presenting high values of richness and diversity.
description: Mestrado em Biologia Marinha
URI: http://hdl.handle.net/10773/4002
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4604.pdf3.03 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2