DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Turismo sustentável nas zonas costeiras e o caso das praias de Mira
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3955

title: Turismo sustentável nas zonas costeiras e o caso das praias de Mira
authors: Albuquerque, Helena Cláudia da Cruz
advisors: Pedrosa, Filomena Maria Cardoso
keywords: Turismo sustentável
Indústria do turismo
Impacto ambiental
Mira(Portugal)
issue date: 2004
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: As zonas costeiras desde cedo foram consideradas como áreas preferenciais e com vocação para a prática de actividades turísticas. Por outro lado, o sector do turismo tem sido apontado como um factor de desenvolvimento, sobretudo para países ou regiões onde o tecido económico e produtivo é pouco competitivo, apresentando-se esta actividade como um sector chave para o desenvolvimento (Relatório do Estado do Ambiente, 1999). No entanto, este sector tem levantado alguns problemas ambientais nas zonas costeiras, pelo excessivo consumo do produto turístico sol e mar. Além disso, os turistas de hoje já não procuram apenas estes produtos turísticos, mas também estão interessados em que estas áreas possuam outros produtos turísticos de qualidade, tanto a nível ambiental como a nível cultural. Apareceu, depois da conferência mundial sobre desenvolvimento e ambiente, o conceito de turismo sustentável, como parte integrante do desenvolvimento sustentável, o que levou a que se procedesse à criação de critérios para a prática deste tipo de turismo. A nível europeu está a ser elaborada uma Agenda 21 para o sector do turismo, definindo as linhas orientadoras para este sector, de forma a satisfazer as necessidades dos visitantes, mas também de forma a preservar e melhorar a herança cultural e ambiental dos territórios com potencialidades turísticas. Estas linhas orientadoras deverão ser também aplicadas de forma concreta às zonas costeiras onde se verifica cada vez mais uma degradação do ambiente, e consequentemente do sector turístico. Da verificação destes problemas entre o sector do turismo e as áreas costeiras, procedeu-se ao estudo da noção de Turismo Sustentável e/ou Sustentabilidade do Turismo nas zonas costeiras, principalmente naquelas que necessitam de um rejuvenescimento turístico e ambiental. Foi analisado o caso de estudo do concelho de Mira, com o intuito de verificar como poderão ser aplicados os critérios da sustentabilidade do turismo neste território que necessita ser rejuvenescido. Pretende apresentar-se um programa de turismo sustentável em que sejam apontadas as várias potencialidades do concelho de Mira para tornar o sector do turismo mais sustentável, diversificando o produto turístico da região, oferecendo novas e renovadas condições aos seus visitantes, conservando e promovendo os recursos naturais e culturais do concelho e criando benefícios e oportunidades à sua população.

Coastal zones have always been considered as preferential areas for tourist activities. Moreover, the Tourism sector has been noted as a development sector, especially in regions and countries where the economy and the productivity sectors are less competitive. Tourism is thus targeted as a key sector for the development in Portugal (REA, 1999). However, this sector has increased environmental problems in coastal zones because of the excessive use of sun and sea products by tourists. In addition, tourists nowadays do not just look for these products. They are also interested in looking for areas where they can find other products, with environmental and cultural quality. After the World Summit on Sustainable Development, the concept of Sustainable Tourism has been developed as a component of Sustainable Development. The emergence of this concept prompted the development of criteria for good practices in this kind of tourism. The European Union is preparing an Agenda 21 for the Tourism Sector with the definition of guidelines such that the needs of tourists are satisfied, while the cultural and environmental heritage of places with potential for tourism are preserved and improved. This course of action should also be applied to coastal zones, particularly in those places where environmental degradation is well known, and consequently, Tourism is decreasing. The awareness of these conflicts between the Tourism sector and coastal zones motivated a research study on Sustainable Tourism/Sustainability of Tourism in coastal zones, especially in areas that required Tourism and environmental “rebirth”. The municipal coastal zone of Mira in central Portugal was analysed as a case study. The goal was to develop a programme of Sustainable Tourism that applies sustainable criteria to the Tourism of this area, which needs to be renewed. This programme identified the potential of the region of Mira to make the Tourism sector more sustainable. Proposed strategies include: diversifying the tourist product offer in the region; providing new and renewed conditions to visitors; conserving and improving the natural and cultural resources of the region; and generating benefits and opportunities to the local community.
description: Ciências das Zonas Costeiras
URI: http://hdl.handle.net/10773/3955
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
tese.pdf5.12 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2