DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 O volume de O2 máx numa população maior que pratica actividade física
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3953

title: O volume de O2 máx numa população maior que pratica actividade física
authors: Azevedo, Jorge Manuel Torres de
advisors: Calvo Arenillas, José Ignácio
keywords: Geriatria
Gerontologia
Pessoas idosas
Actividade física
Respiração
Pressão arterial
Pulsações
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho tem como objectivo geral avaliar o volume de consumo de oxigénio máximo numa população maior que pratica actividade física moderada. Este estudo teve lugar em 14 bairros, num grupo de 105 pessoas maiores do município de Salamanca, entre Outubro de 2002 e Junho de 2006. O estudo foi realizado utilizando uma metodologia de tipo quantitativa, e de forma descritiva tendo em conta a colheita de dados e o registo das variáveis relevantes e respectivas correlações. Os entrevistados deste estudo são maioritariamente do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 69 e 79 anos. Em relação ao seu estado civil, destacam-se os entrevistados casados e os viúvos que vivem acompanhados e têm entre 1 e 4 filhos. Das 8 monitorizações realizadas ao longo dos 4 anos – altura, peso, pulsação por minuto, pressão arterial sistólica e diastólica, tempo que demora a percorrer a milha, pulsação por minuto em 15 segundos e pulsação por minuto em 60 segundos, tiram-se as seguintes conclusões: Diminuição de peso nos intervalos entre os 98-103; 92- 97 e 68-73 kg; Aumento significativo da percentagem de indivíduos com a pulsação por minuto no intervalo dos 60-69; Diminuição da percentagem de entrevistados com pressão arterial sistólica acima dos 140 mmHg e aumento da percentagem de entrevistados com a pressão arterial sistólica entre 121 e 140 mmHg; Diminuição da percentagem de indivíduos com a pressão arterial diastólica superior a 90 mmHg; Diminuição da percentagem de entrevistados que demoram entre 951 e 1000 segundos a percorrer a milha e ligeira diminuição da percentagem de entrevistados que demoram entre 1051 e 1100 segundos a percorrer a milha.

The present work have has general objective the valuation of the maximal oxygen consumption in an elderly population that practices moderate physical activity. This study takes place in 14 Districts of Salamanca, in a group of 105 elderly people from the local authority of Salamanca, between October 2002 and June 2006. This study was done using a quantitative methodology in a descriptive way having in to account the collect of data and the registration of the relevant variables and the respective correlations. The majority of the interviewees of this study are female, with ages between 69 and 79 years old. Related to the marital state, the married interviewees and the widowers interviewees that live with company and have between 1 and 4 sons, are in majority. From the 8 examinations done during the 4 years: height, weight, beats per minute, blood pressure systole and diastolic, time required to walk the mile, beat per minute in 15 seconds and beat per minute in 60 seconds, we take the following conclusions: Decrease of the weight in the group of interviewees with weight between 68-73; 92-97 and 98-103 Kg. Significant increase of the percentage of interviewees with beats per minute between 60-69; Decrease of the percentage if interviewees with the blood pressure systole above 140mmHg and increase of the percentage of interviewees with the blood pressure systole between 121 and 140 mmHg; Decrease of the percentage of the interviewees with blood pressure diastolic higher than 90 mmHg; Decrease of the percentage of interviewees that takes between 951 and 1000 seconds to walk the mile and small decrease of the percentage of interviewees that take between 1051 and 1100 seconds to walk the mile.

O presente trabajo tiene como objetivo general evaluar el volumen de consumen de oxígeno máximo, en una población mayor que practica actividad física moderada a transcurrir en 14 barios en un grupo de 105 personas mayores do ayuntamiento de Salamanca, entre Octubre de 2002 y Junio de 2006. El estudio realizado utilizando una metodología de tipo cuantitativa y de forma descriptiva teniendo en cuenta la recogida de datos y o registro de las variables relevantes y respectivas correlaciones. Los entrevistados de este estudio son mayoritariamente de lo sexo femenino, con edad comprendidas entre los 69 e 79 años. En relación al estado civil, destacase los entrevistados casados y los viudos que viven acompañados y tienen entre 1 y 4 hijos. De las ocho monitorizaciones realizadas al largo de los 4 años- altura, peso, pulsaciones minuto, presión arterial sistólica y diastólica, tiempo que tarda en transcurrir la milla, pulsaciones por minuto en 15 segundos y pulsaciones por minuto en 60 segundos, quitar las siguientes conclusiones: Verifico se una disminución de peso, en los intervalos entre os 98-103; 92-97 e 68-73Kg; Aumento significativo da porcentaje de individuos con a pulsación por minuto en el intervalo dos 60-69; Disminución da porcentaje de entrevistados con la presión arterial sistólica por en cima de los 140 mmHg y aumento de la porcentaje de entrevistados con a presión arterial sistólica entre 121 y 140 mmHg; Disminución da porcentaje de personas con la presión arterial diastólica superior a 90 mmHg; Disminución de la porcentaje de entrevistados que demoran entre 951 y 1000 segundos a recorrer la milla y ligera disminución da porcentaje de entrevistados que demoran entre 1051 y 1100 segundos a recorrer la milla.
description: Mestrado em Geriatria e Gerontologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/3953
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4780.pdf1.2 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2