DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Resistência antimicrobiana em exsudatos e detecção de ß-lactamases em Proteus
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3932

title: Resistência antimicrobiana em exsudatos e detecção de ß-lactamases em Proteus
authors: Tavares, Ana Rosário Pinho Sousa
advisors: Correia, António
Madail, Fátima
keywords: Microbiologia
Antibióticos
Resistência a antibióticos
Microorganismos patogénicos
Infecções hospitalares
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Os antibióticos são um dos grupos de medicamentos mais utilizados na medicina humana, medicina veterinária, agricultura e aquicultura. O seu uso em larga escala contribui para a selecção e disseminação de microrganismos resistentes aos antibióticos, tanto a nível nosocomial como na comunidade (embora em menor expressão). O presente trabalho propôs-se a estudar o perfil de resistência das bactérias isoladas nos anos de 2008 e 2009 em feridas operatórias e úlceras de pressão, no Hospital Visconde de Salreu (HVS) e a compara-lo com um estudo realizado entre 1998 e 2002. E ainda estudar a resistência às β-lactamases no género Proteus spp. Verificou-se que os microrganismos mais frequentemente isolados foram os Staphylococcus aureus, com maior incidência nos Staphylococcus aureus meticilino resistentes (MRSA). Nas úlceras de pressão verificou-se também uma grande incidência de Pseudomonas aeruginosa. Os S. aureus manifestaram elevada sensibilidade à vancomicina e teicoplanina e bastante resistência à penicilina, a P. aeruginosa apresentou elevada resistência ao cotrimoxazol, à amoxicilina e à amoxicilina + ác. clavulânico e elevada sensibilidade ao imipeneme e à ceftazidima. Na resistência às β-lactamases no género Proteus spp verificou-se que esta bactéria não possuía os genes blaTEM, blaSHV e blaCTX-M.

Antibiotics are one of the group of drugs most used in human medicine, veterinary medicine, agriculture and aquaculture. Its widespread use contributes to the selection and spread of antibiotic-resistant microorganisms, both in nosocomial and community level (although at lower expression). This work aimed to study the resistance of isolated bacteria during the years 2008 and 2009, of surgical wounds and pressure ulcers in Hospital Visconde Salreu (HVS) and compares it to a study conducted between 1998 and 2002. And still studying resistance to β-lactamases in the genus Proteus spp. It was found that the most frequently isolated microorganisms were Staphylococcus aureus, with higher incidence in methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA). In pressure ulcers there was also a high incidence of Pseudomonas aeruginosa. The S. aureus showed high sensibility to vancomycin and teicoplanin and enough resistance to penicillin. The P. aeruginosa was highly resistant to cotrimoxazole, amoxicillin and amoxicillin/clavulanate and highly sensitive to imipenem and ceftazidime. In resistance to β-lactamases in the genus Proteus spp was found that this bacterium did not possess the genes blaTEM, blaSHV e blaCTX-M.
description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/3932
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4466.pdf1.84 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2