DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Questionamento dos professores: o seu contributo para a integração curricular
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3815

title: Questionamento dos professores: o seu contributo para a integração curricular
authors: Ferreira, Ana Paula Bernardo
advisors: Souza, Francislê Neri de
keywords: Desenvolvimento dos currículos
Ensino das ciências - Ensino básico 3º ciclo - Viseu (Portugal)
Metodologia de ensino
Técnicas de interrogação
Técnicas da aula
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este trabalho assenta na convicção de que o incentivo ao questionamento de qualidade e CTSA constitui-se como uma estratégia facilitadora da aprendizagem activa dos alunos. Para tal, os professores devem privilegiar no seu discurso em aula perguntas de elevado nível cognitivo (questões) e de cariz CTSA, uma vez que estas podem assumir-se como instrumentos de integração curricular. Importa, por isso, desenvolver estratégias que contribuam para a melhoria do perfil de questionamento dos professores. Nesse sentido, com o presente estudo, realizado com professoras de Física e Química a leccionar no Ensino Básico, objectivámos diagnosticar os seus perfis de questionamento em contextos estimulado e naturalista, melhorá-los através de uma sessão de sensibilização/ formação, para posterior aplicação prática em aula. Por conseguinte, nesta investigação adoptou-se uma abordagem qualitativa em contexto naturalista, cujo método de investigação foi o estudo do caso do tipo etnográfico. Os dados foram recolhidos em quatro momentos distintos: diagnóstico, reconceptualização, apropriação; e avaliação. As técnicas de recolha de dados utilizadas foram a observação, naturalista e participante, e inquéritos por questionário e entrevista semi-estruturada. Estas foram aplicadas no decorrer da investigação, sendo a qualidade global das perguntas formuladas pelas professoras cooperantes e respectivos alunos aferida, de forma independente, nas categorias função (científicas e nãocientíficas), nível cognitivo (fechadas e abertas) e relação ao contexto de aula de ciência (académicas e CTSA). Os resultados desta investigação sugerem uma melhoria nos perfis de questionamento das professoras e consequente reflexo no dos respectivos alunos, facto suportado pelo aumento do número de perguntas de elevado nível cognitivo e CTSA nas aulas observadas após a implementação da sessão. Por outro lado, a inclusão de estratégias de incentivo ao questionamento de elevado nível cognitivo e CTSA promoveu a integração para um ensino de orientação CTSA, centrado nos alunos. Quanto aos efeitos da sessão sensibilização/ formação no desenvolvimento pessoal e profissional das professoras, nomeadamente nas suas práticas de questionamento, as mudanças verificadas e as expectativas criadas são positivas. Pese embora as dificuldades associadas a rotinas inseridas numa perspectiva de ensino em que a eficácia e eficiência das planificações de aulas no “cumprimento do programa” e práticas organizacionais individualistas, as professoras concluíram que as perguntas de elevado nível cognitivo e CTSA constituem-se como elementos integradores para um ensino de orientação CTSA e o incentivo às mesmas contribuem para a aprendizagem activa dos alunos, bem como para o desenvolvimento das suas competências de questionamento. Por outro lado, reforçam a necessidade de na formação, inicial e contínua, serem desenvolvidas estratégias de estímulo e incentivo à formulação de perguntas de elevado nível cognitivo e CTSA.

This study is based on the belief that fostering quality questioning and CTSA are facilitators’ strategies of active learning of the students. For such, teachers should privilege the use of questions whose content evidences a high cognitive level and a CTSA nature, and these questions should be assumed as curriculum integration tools. So, it is crucial develop strategies to promote the questioning of teachers. The present study, with a sample of physics and chemistry teachers at the 7 th and 9th graders, it was pursued with the goals to diagnosis a questioning profile of teachers in stimulated and naturalistic contexts, its improvement through one training / awareness session for future intervention at classroom. Consequently, in this investigation was adopted a qualitative approach in naturalistic context, which research method was the ethnographic case study. The data were collected in four different times: diagnosis, reconceptualization, appropriation and assessment. The data collection techniques used were naturalistic and participant observations, questionnaire surveys and semistructured interview. These techniques were applied during the investigation, which was measured the overall quality of teachers’ questions, in an independent way, within the categories: function (scientific and non scientific), cognitive level (closed and open) and at the science classroom context (academic and CTSA). The results suggest the improvement of the profiles questioning teachers’ and the consequent reflex on their students; this fact is supported by the increasing of the questions with a high cognitive level and CTSA observable after the implementation session. On the other hand, the inclusion of the strategies with high cognitive level questioning and CTSA promoted the integration to a CTSA teaching guidance for the students. The effects of the training/awareness session on personal and professional teachers development, particularly in their practices of questioning, their changes and expectations were positive. Due the difficulties associated to a routine and being part of a educational perspective which effectiveness and efficiency of lesson plans in “compliance program” and in individualistic organizational practices, the teachers concluded that the questions of high cognitive level and CTSA are integrative elements for a CTSA teaching guidance which contribute to the active learning of the students, and for the development of their questioning skills; on the other hand, they reinforce the need for training – initial and continuing – being developed strategies to stimulate the formulation of questions with a high cognitive level and CTSA.
description: Mestrado em Gestão Curricular
URI: http://hdl.handle.net/10773/3815
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4155.pdf7.6 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2