DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Biologia > BIO - Dissertações de mestrado >
 Influência do dimorfismo sexual na locomoção em lagartixas Podarcis
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3783

title: Influência do dimorfismo sexual na locomoção em lagartixas Podarcis
authors: Bandeira, Victor José
advisors: Carretero, Miguel Angel
Quintino, Víctor Manuel dos Santos
keywords: Ecologia
Ecologia animal
Morfologia
Comportamento animal
Dimorfismo sexual (animais)
Locomoção animal
Lagartixas
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O dimorfismo sexual no tamanho e na forma, tal como as hipóteses evolutivas que o explicam, têm sido motivo de grande interesse para o estudo e a compreensão tanto para biólogos como mais especificamente, para herpetólogos. No caso da lagartixa-de-Bocage (Podarcis bocagei), que apresenta uma variabilidade morfológica muito elevada, o estudo do desempenho locomotor em condições experimentais pode ajudar a elucidar as consequências funcionais dos padrões morfológicos observados e perceber melhor as forças evolutivas que os definem. Neste estudo são apresentados os resultados da análise morfológica de uma população de P. bocagei proveniente de um habitat saxícola, bem como os resultados do desempenho alcançados pelos dois sexos ao longo de diversas provas de locomoção. Os resultados evidenciam um dimorfismo sexual acentuado a nível morfológico para os caracteres estudados, embora a relação desse dimorfismo com o desempenho locomotor seja complexa. Pela primeira vez, evidencia-se um dimorfismo sexual significativo no desempenho locomotor nesta família de lagartixas. De modo particular, a velocidade atingida pelos machos em plano horizontal é superior relativamente a outros modos de locomoção, enquanto as fêmeas apresentam um desempenho mais regular. O marcado dimorfismo sexual morfológico observado nesta espécie está reflectido no desempenho locomotor dos dois sexos. Particularmente, os caracteres morfológicos mais associados ao desempenho locomotor são o tamanho corporal e o comprimento relativo dos membros anteriores e posteriores. Dada a importância do desempenho locomotor no contexto da defesa territorial, interacção agonística e procura de parceiro, a elevada velocidade atingida pelos machos pode ser o resultado da selecção sexual. Finalmente, o dimorfismo sexual funcional observado no desempenho locomotor pode ter consequências importantes para o desempenho ecológico e para a selecção de microhabitat exibidas pelos dois sexos em condições naturais.

Sexual dimorphism in size and shape and the evolutionary hypotheses that may explain them, have long attracted the interest of biologists and more specifically of herpetologists. In the case of the Bocage’s Wall Lizard (Podarcis bocagei), which exhibits a very high morphological variability, the study of locomotor performance in the laboratory may help elucidate the functional consequences of the morphological patterns observed and enhance our understanding of the underlying evolutionary forces. This study presents the results of the morphological analysis of a population of P. bocagei occupying a saxicolous habitat, as well as the performance achieved by both sexes during various locomotion tests. The results show a marked morphological sexual dimorphism, although the relation of this dimorphism with the locomotor performance of the two sexes is complex. Interestingly, this is the first study to detect sexual differences in locomotor performance in lacertids. Particularly, the velocity attained by males is superior on a horizontal plane in relation to other modes of locomotion, while females have a more stable performance across different conditions. The marked morphological sexual dimorphism observed in this species is reflected in the locomotor performance of both sexes. Particularly, the morphological traits associated to locomotion are total body size and the relative length of the fore and hind limbs. Given the importance of locomotor performance in the context of territorial defense, agonistic interactions and partner search the increased performance shown by males may be the result of sexual selection. Finally, the functional sexual dimorphism observed may have important consequences for the ecological performance and microhabitat selection of both sexes in natural conditions.
description: Mestrado em Ecologia, Biodiversidade e Gestão de Ecossistemas
URI: http://hdl.handle.net/10773/3783
appears in collectionsBIO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Dissertação Mestrado - Victor Bandeira.pdf8.33 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2