DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Teses de doutoramento >
 The analysis of political will and its role in leadership: a study of portuguese mayors
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3758

title: The analysis of political will and its role in leadership: a study of portuguese mayors
other titles: Análise da vontade política e o seu papel na liderança: um estudo sobre Presidentes de Câmara em Portugal
authors: Nunes, Filipe José Casal Teles
advisors: Stoker, Gerry
Moreira, José Manuel
keywords: Administração local
Política pública - Portugal
Liderança
Influência política
Comportamento político
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: This thesis analyses the concept of Political Will, suggests its operationalization and establishes a typological theory that provides the necessary support for the diverse strategies of action of a leader. It claims that political leadership styles articulate a choice of action that results from the Political Will of a leader, which is determined by his intention and his discerned possibilities to act. One main research question guided our research: How does a political leader select and change his leadership style? The most illustrative literature on political leadership is reviewed and the characteristics of democratic governance are analyzed. This is followed by an overview of the most noteworthy theories on the theme and a claim for the need of concept coherence, given the multiplicity of the existent standpoints. After that, we concentrate on leadership styles, with a focus on the local governance context. Human action and intentionality are addressed with particular attention, as well as the motivational drivers for action, in order to advance a conceptualization of Political Will through two dimensions: intention and possibility. This analysis led to a number of relevant propositions: (1) Political Will ‘exists’ when the agent has the intent and the possibility to act; (2) these two dimensions ‘translate’ simultaneously what the agent believes he must do and can do; (3) Intention and possibility reflect diverse but limited worldviews; (4) political leadership styles result from the agent’s Political Will; (5) different combinations of the expected and actual worldviews result in different leadership styles; and (6) political leadership styles can change accordingly to several strategies which allow conformity or reflect reaction to worldviews. We suggested the operationalization of the two dimensions of Political Will through the analytical tool of Grid-group Theory, which provided the identification of the heuristic devices that allowed further comprehension on the subjectivity of the agent’s choice. Four standard property spaces – representing four types of leadership styles – result from a preliminary approach to this process. Afterwards, and because these dimensions operate simultaneously, we advance on the analysis and suggest some plausible heuristical conflicts to happen and describe which consequences, strategies and type migrations are conceivable. An inclusive and more complete set of resulting property spaces renders fourteen different types of leadership styles and sixty different predictable causal paths that result from the expected migration strategies. Case-studies were conducted as plausibility probes designed to provide improvements to our theoretical claims and addressed the cases we selected for research purposes: Portuguese Mayors. The findings from five case studies are discussed and the probable impact and congruence of each with the theoretical claims are assessed. The communalities of the causal mechanisms related to the function of intention and possibility as the dimensions of Political Will and their role in explaining different leadership styles are, finally, addressed. To conclude, we advance some repercussions, mainly in the public policies field of research, and suggest a number of different and necessary paths for further work.

Esta tese analisa o conceito de Vontade Política, sugere a sua operacionalização e estabelece uma teoria tipológica que garante o suporte necessário para as diversas estratégias de acção de um líder. Afirma que os estilos de liderança política articulam uma escolha de acção que resulta da Vontade Política de um líder, que é determinada pela sua intenção e pelas possibilidades de acção que percepciona. Uma questão de investigação principal orientou este trabalho: como é que um líder político selecciona e muda o seu estilo de liderança? A literatura mais ilustrativa sobre liderança política é revista e as características da governança contemporânea são analisadas. Segue-se uma perspectiva sobre as teorias mais relevantes sobre este tema e a afirmação da necessidade de coerência conceptual, dada a multiplicidade de abordagens. Após isto, centramo-nos nos estilos de liderança, com um enfoque no contexto da governação local. A acção humana e a intencionalidade são abordadas com particular atenção, tal como os estímulos motivacionais para a acção, tendo em vista a conceptualização da Vontade Política através de duas dimensões: intenção e possibilidade. Esta análise possibilitou um conjunto proposições relevantes: (1) a Vontade Política ‘existe’ quando o agente tem a intenção e a possibilidade de agir; (2) estas duas dimensões ‘traduzem’ simultaneamente o que o agente acredita que deve fazer e pode fazer; (3) Intenção e possibilidade reflectem mundivisões diferentes mas limitadas; (4) os estilos de liderança política resultam da Vontade Política do agente; (5) diferentes combinações de mundivisões supostas e existentes resultam em estilos de liderança diferentes; e (6) os estilos de liderança política podem mudar de acordo com diversas estratégias que permitem a conformidade ou reflectem uma reacção às mundivisões. É sugerida a operacionalização das duas dimensões de Vontade Política através do modelo analítico da Teoria ‘Grid-group’, o que possibilita a identificação dos mecanismos heurísticos que permitiram uma melhor compreensão da subjectividade da escolha do agente. Quatro ‘espaços de propriedades’ comuns resultam de uma abordagem preliminar a este processo. No entanto, tendo em conta que estas dimensões operam simultaneamente, aprofundámos a análise e são sugeridas as consequências, as estratégias e as migrações entre tipos que alguns possíveis conflitos heurísticos podem causar. Um conjunto de ‘espaços de propriedades’ mais completo e inclusivo apresenta catorze diferentes tipos de estilos de liderança e sessenta diferentes percursos de causalidade susceptíveis de ocorrer dadas as estratégias de migração esperadas. São conduzidos estudos de caso, enquanto ‘testes de plausibilidade’ construídos para a melhoria das proposições teóricas apresentadas, tendo sido seleccionados, por motivos de investigação, Presidentes de Câmara portugueses. As conclusões de cinco estudos de caso são discutidas, é avaliado o seu impacto e a congruência de cada uma das proposições teóricas. São, finalmente, avaliados os mecanismos causais relacionados com as funções de intenção e possibilidade enquanto dimensões de Vontade Política e o seu papel na explicação de diferentes estilos de liderança. Para concluir, são identificadas algumas repercussões, particularmente no domínio da investigação em políticas públicas, e é sugerido um conjunto de caminhos diferentes e necessários de trabalho futuro.
description: Doutoramento em Ciências Políticas
URI: http://hdl.handle.net/10773/3758
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
CSPT - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
4455.pdf2.69 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2