DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 O tempo (invisível) das crianças como recurso da sua cidadania
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3672

title: O tempo (invisível) das crianças como recurso da sua cidadania
authors: Oliveira, Benilde Andrade de
advisors: Madeira, Rosa Lúcia de Almeida Leite Castro
keywords: Educação para a cidadania
Desenvolvimento social
Solidariedade social
Educação comunitária
Participação dos alunos - Ensino básico 2º ciclo - Águeda (Portugal)
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este trabalho consiste no relato de um curto trajecto de investigação-acção, baseado nos pressupostos da investigação participativa, no qual exploramos a possibilidade de reconstrução do papel de actor social como investigador actor num processo emergente de promoção da participação infantil numa Escola EB23, onde as Crianças foram desafiadas a estudar o problema do abandono escolar com os Adultos. O processo de investigação-acção foi desencadeado pela problematização das condições de sustentabilidade do protagonismo das Crianças a partir de uma iniciativa de promover a troca de serviços entre crianças, inspirada no Banco de tempo. O grupo de participantes inclui dois Adultos da Escola e as Crianças de uma turma do 6º ano, formada por rapazes e raparigas, entre os 10 e 14 anos, residentes em duas freguesias do Concelho de Águeda, onde o Movimento de Águeda teve grande expressão. Dos procedimentos metodológicos adoptados destacamos a observação participante, as conversas com as crianças e a análise documental. Esta pesquisa, nos permitiu reflectir sobre o impacto de uma abordagem educativa centrada em valores, a partir da prática espontânea de troca de serviços entre Crianças implicadas no ensaio de um “mini-Banco do Tempo” a partir da sala de aula. O papel social das crianças como alunos e a consequente centralidade das tarefas escolares, parecem dificultar a adopção da noção de solidariedade baseada na reciprocidade directa ou indirecta entre pares, o que, por sua vez, dificulta a cooperação entre crianças no desenvolvimento desta iniciativa. A criação de outras condições de uso do tempo e do poder pelas próprias crianças surge assim como condição de possibilidade de reconstrução do ofício das Crianças como participantes activos num novo projecto da Escola que pretende superar os efeitos da desigualdade social.

This paper is a report of a short stretch of action research, based on the assumptions of participatory research, in which we explore the possibility of reconstruction of the role of social actor as an actor investigator emergent process of promoting child participation in a School EB23, where Children were challenged to study the problem of school dropout with Adults. The process of action research was triggered by questioning the sustainability conditions of the leadership of Children from an initiative to promote the exchange of services among children, inspired by the Bank from time. The group of participants includes two Adult School and Children in a class of 6th grade, consisting of boys and girls between 10 and 14 years living in two villages in the municipality of Agueda, where the movement of Agueda had a great expression. Methodological procedures adopted emphasize participant observation, conversations with children and document analysis. This research has enabled us to reflect on the impact of a values-centered approach to education, from the practice of free exchange of services among children involved in the trial of a "mini-Bank of Time" from the classroom. The social role of children as students and the consequent centrality of school tasks appear to impede the adoption of the concept of solidarity based on direct or indirect reciprocity among peers, which, in turn, hinders cooperation among children in developing this initiative. The creation of other conditions of use of time and power for their own children is thus presented as a condition of possibility of rebuilding the office of children as active participants in a new project of the School aims to overcome the effects of social inequality.
description: Mestrado em Ciências da Educação - Educação Social e Intervenção Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10773/3672
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4560.pdf1.82 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2