DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Dissertações de mestrado >
 Plataforma de apoio aos processos de inovação do empreendedor
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3546

title: Plataforma de apoio aos processos de inovação do empreendedor
authors: Costa, Maria do Rosário Soares da
advisors: Santana, Silvina
Oliveira, Lídia
keywords: Gestão da informação
Gestão do conhecimento
Difusão do conhecimento
Tecnologias da informação
Comunidades virtuais
Redes sociais
Biotecnologia
Empreendedorismo
Parques de ciência e tecnologia - Estudos de caso - Cantanhede (Portugal)
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Hoje em dia, o grande desafio que os empreendedores enfrentam é o reconhecimento de oportunidades, num ambiente confuso e em constante mudança, onde a informação é muitas vezes contraditória e onde o tempo e o contexto são cruciais para a identificação de uma oportunidade passível de dar origem a um negócio de elevado potencial. Falar em bioempreendedorismo será analisar este conceito, quando a oportunidade de negócio surge nas áreas das ciências da vida. Contudo, para lançar uma empresa de biotecnologia não basta apenas ter espírito empreendedor, é necessário também um nível elevado de conhecimentos técnicos e científicos especializados, uma percepção das necessidades de mercados muito específicas e a capacidade de interagir com a comunidade académica e empresarial. Daqui advém a necessidade de os empreendedores terem de explorar o seu meio ambiente, estar à escuta, saber dialogar e informar, favorecendo em simultâneo a interactividade através da criação de uma rede de informação e conhecimento, formando assim um ambiente propício à inovação. A acção empreendedora pode, então, ser entendida mais como um fenómeno social do que propriamente individual. O presente trabalho apresenta um modelo conceptual para a criação de um espaço virtual, que tem em vista fomentar a construção e o crescimento de uma comunidade de prática on-line dirigida a especialistas em biotecnologia. Para uma compreensão das suas reais necessidades de informação, foi feita uma análise à rede do primeiro parque de biotecnologia do país, o Biocant Park e, em seguida, foram realizadas entrevistas, que serviram de suporte à conceptualização da plataforma. Este modelo conceptual ambiciona proporcionar um espaço colaborativo, de valor acrescentado para os seus utilizadores, disponibilizando informação útil, novidade e dinamismo. De igual forma, pretende aumentar o número de ligações da rede social de cada indivíduo e fomentar a colaboração e a cooperação inter-institucional, promovendo a geração de ideias, de transferência de tecnologia e de aprendizagem. A actividade iteractiva e interactiva de disseminação, troca e integração de conhecimento científico e tecnológico podem, desta forma, dar origem à identificação e desenvolvimento de novas oportunidades de negócio no campo da biotecnologia, através do aproveitamento do potencial e sinergias da rede.

Nowadays, the great challenge that entrepreneurs faces is the recognition of opportunities in a confusing and constantly changing environment, where information is often contradictory and where time and context are crucial for the identification of an opportunity that could lead to a business with high potential. Talking about bioentrepreneurship will be to analyze this concept, when a business opportunity arises in life science areas. However, having entrepreneurial spirit is not enough to create a biotechnology company. It is needed to have a high level of technical and scientific expertise, an understanding of the needs of specific markets and the ability to interact with the academic and business community. Hence, entrepreneurs must explore their environment, be available to listen, knowing to dialogue and inform, simultaneously enhancing interactivity through an information and knowledge network, thus shaping a conducive environment to innovation. Therefore, the entrepreneurial action can be understood more as a social phenomenon than individual. The following essay presents a conceptual framework for the creation of a virtual space, which aims to encourage the construction and growth of an on-line community of practice intended for biotechnology specialists. For a comprehension of their real information needs, an analysis was made to Biocant Park, the first Portuguese biotechnology park, which served as support to the conceptualization of the platform. This conceptual model aims to provide a collaborative space, adding value to their users by providing useful information, newness and dynamism. Likewise, pretends to increase the number of connections of each individual social network, nourish inter-institutional collaboration and cooperation, promoting ideas generating, technology transfer and learning. The iteractive and interactive activities of dissemination, exchange and integration of scientific and technological knowledge thus lead to the identification and development of new business opportunities in biotechnology through the use of network´s potential and synergies.
description: Mestrado em Gestão de Informação
URI: http://hdl.handle.net/10773/3546
appears in collectionsDEGEI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4223.pdf4.38 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2