DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Comunicação e Arte > DECA - Dissertações de mestrado >
 A experiência táctil no design de interfaces para o automóvel
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3510

title: A experiência táctil no design de interfaces para o automóvel
authors: Filgueiras, Marta Pereira
advisors: Uva, Paulo Alexandre Lomelino de Freitas Tomé Rosado Bago
keywords: Design de produtos
Percepção sensorial
Interface homem-máquina
Interface gráfica
Indústria automóvel - Estudos de caso
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho de investigação procura estudar e reflectir sobre o papel do Design na criação de artefactos que providenciem experiências sensoriais mais estimulantes. Durante uma interacção entre sujeito e artefacto todos os sentidos captam informações, incluindo o tacto, que também influencia a experiência que se tem com artefacto. Sendo assim, pretende-se evidenciar a utilidade que este sentido específico tem nas interacções quotidianas para poder analisar de que forma o Design, aliado à técnica pode contribuir para melhorar as experiências tácteis. Em primeiro lugar são estudadas as questões ligadas aos dois elementos dessa interacção: o sujeito e o artefacto. O sujeito enquanto entidade física (corpo) e cognitiva (pensamento) capaz de receber e interpretar as sensações provenientes dos artefactos; mas que também condiciona essa informação de acordo com os processos de selecção. O artefacto enquanto prolongamento do corpo desenvolvido pela necessidade que o sujeito tem de realizar tarefas; mas também pela sua componente emocional e simbólica. O sentido do tacto surge como um dos possíveis elos de ligação entre os dois elementos, tanto a nível informativo como emocional. As características inerentes a este sentido, que tem como órgão de eleição a mão, permitem o aperfeiçoamento de soluções para as interacções onde a visão domina. Sob este ponto de vista são analisadas algumas soluções criadas para o cliente português dentro da indústria automóvel e especificamente no volante, na manete das velocidades e no painel instrumental do tablier. As escolhas dos materiais, as formas que adquirem e as texturas embebidas são os elementos estudados e onde a disciplina do Design pode intervir. De uma forma geral conclui-se que a disciplina do Design encontra no sentido do tacto um meio de aperfeiçoar a comunicação entre sujeito e artefacto através do conceito de experiência táctil; sem, porém, descurar os restantes sentidos essenciais à experiência como um todo. Na indústria automóvel tal oportunidade é evidenciada a nível de segurança, conforto ou simplesmente pelo factor lúdico. Em comparação com outros artefactos, indicam-se novas possibilidades para a utilização de materiais naturais, assim como um sistema de renovação dos revestimentos do volante.

This dissertation work aims to reflect about the role of Design within the creation of artifacts and study how they can provide more stimulating sensory experiences. During user-product interaction all the five senses capture information, including touch, which also influences the experience one has with the artifact. Here, the intention is to demonstrate the utility that this specific sense has in these everyday interactions, so that it is possible to analyze how Design, combined with technique, can improve the tactile experience. First the study focus relates to the two elements of this interaction: the subject and the artifact. The subject as a physical entity (body) and cognitive entity (thought) capable of receiving and interpreting sensations from the artifacts; but who also shapes the information received according to his selection procedures. The artifact as an extension of the body and which development is justified by the necessity that the subject has to perform tasks; but also because of its symbolic and emotional components. The sense of touch appears as one of the possible links between these two elements (subject and artifact), both in an informative and emotional level. The inherent characteristics of this sense, with the hand as the organ of choice, allow the improvement of solutions for interactions where vision dominates. From this point of view, some solutions within the auto-mobile industry, created for the Portuguese client, were analyzed; special focus on the steering wheel, the gear stick and the dashboard. The choice of material, shapes and textures are the elements studied and where the Design discipline can step in. Some general conclusions can be drawn: the discipline of Design can find in the sense of touch its way to improve communication between subject and artifact through the concept of tactile experience; however, it should not neglect the other senses, essential to the experience as a whole. Within the automobile industry such opportunity is evident in safety, comfort or simply for the novelty factor. It is suggested new possibilities for the use of natural materials and also a system to renew the coating of the steering wheel.
description: Mestrado em Design
URI: http://hdl.handle.net/10773/3510
appears in collectionsDECA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
4350.pdf3.34 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2