DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Teses de doutoramento >
 Comunicação organizacional e identidade colectiva num agrupamento de escolas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3479

title: Comunicação organizacional e identidade colectiva num agrupamento de escolas
authors: Sousa, Susana Manuela Franco Faria de
advisors: Santiago, Rui
Silva, Pedro de Carvalho
keywords: Ciências sociais
Administração escolar
Ensino básico
Comunicação organizacional
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O reforço e a diversificação do investimento na comunicação por parte das instituições educativas são discutidos neste estudo como uma das consequências da nova gestão pública. Tendo em vista a ‘qualidade’ e a ‘eficácia’ das suas prestações, as escolas têm procurado tornar-se mais dialogantes, assumindo a aposta na comunicação organizacional como parte integrante de uma estratégia empreendedora, que lhes tem vindo a conferir uma nova identidade colectiva unificada em torno dos valores neoliberais. Não obstante, os sistemas de comunicação criados são mais complexos do que se poderia supor. Revelando a influência de pressões híbridas, estes sistemas transformaram-se num contexto mediador da mudança embutido em novas concepções de escola e dos novos mandatos para a educação (assim legitimados interna e externamente), surgindo, ao mesmo tempo, como o locus de produção de novas identidades. Tal acontece porque a comunicação constitui o ponto de convergência entre as diferentes políticas educativas e as práticas localmente adoptadas na sequência de um processo de interpretação criativa das diferentes pressões. É este o sentido com que afirmamos que a comunicação se constitui numa meta-ideia ao serviço da ‘qualidade’, ainda que esta possa ser perspectivada a partir do ideal burocrático da organização (como sinónimo de eficiência administrativa), do ideal profissional (centrada no processo de ensino-aprendizagem) ou do ideal empreendedor (valorizando a capacidade de resposta às solicitações do mercado). Os dados empíricos, que sustentaram o nosso estudo, resultaram da observação do quotidiano de um agrupamento de escolas do ensinobásico e dos testemunhos recolhidos, ao longo de três anos, nesta comunidade educativa. Recorrendo ao estudo de caso como estratégia de investigação enveredámos inicialmente, num contexto de descoberta, pela realização de observações ‘desarmadas e naturais’. Usámos, posteriormente, a análise documental, a entrevista e o questionário na recolha de informação complementar, o que, mediante o cruzamento de métodos de análise qualitativa e quantitativa, nos permitiu tirar partido da triangulação dos dados. Os resultados obtidos apontam para a centralidade dos processos de comunicação na transformação induzida pela nova gestão pública e para o desenvolvimento de uma matriz discursiva bilinguista, que procura harmonizar os imperativos de ‘mercado’ com o discurso pedagógico e com modelos burocrático-profissionais de organização.

The strengthening and diversification of investment in communication by educational institutions are discussed in this study as a consequence of the new public management. Regarding the 'quality' and 'effectiveness' of their performance, schools have sought to become more dialoguing , assuming the commitment to organizational communication as part of an entrepreneurial strategy, that has been giving a new unified collective identity around the neo-liberal values. However, created communication systems are more complex than one might suppose. Revealing the influence of hybrid pressure, these systems have become a mediator context of change embedded in new school conceptions and new mandates for education (thus, internally and externally legitimated), arising at the same time, as the locus of production of new identities. Such is because communication is a point of convergence between the different educational policies and practices locally adopted following a process of creative interpretation of the different pressures. That is why we affirm that communication is a meta-idea to reach 'quality', although this can be seen from the organization bureaucratic ideal (as a synonym of administrative efficiency), the organization professional ideal (focusing on the teaching-learning process) or the organization entrepreneur ideal (enhancing the ability to respond to market requests). The empirical data that supported our study resulted from the observation of everyday life of a group of basic education schools and from the testimonies gathered over three years in this educational community. Using the case study as research strategy, we initially embarked, in a discovery context, on making 'disarmed and natural' observation. We used, subsequently, document analysis, interview and questionnaire to collect additional information, which, by crossing qualitative and quantitative analysis methods, allowed us to take advantage of data triangulation. The results point to the centrality of communication processes in the transformation induced by the new public management and to the development of a bilingual discursive matrix, which seeks to harmonize the requirements of the ‘market’ with the pedagogical discourse and with bureaucratic-professional models of organization.
description: Doutoramento em Ciências Sociais
URI: http://hdl.handle.net/10773/3479
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
CSPT - Teses de doutoramento

files in this item

file sizeformat
2010000802.pdf4.04 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2