DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Dissertações de mestrado >
 A problemática dos espaços verdes nos centros históricos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3364

title: A problemática dos espaços verdes nos centros históricos
authors: Santos, Ana Estefânia Almeida Granjo dos
advisors: Marques, Paulo Farinha
Fidélis, Teresa
keywords: Planeamento urbano
Paisagem urbana
Reabilitação urbana
Arquitectura paisagista
Espaços verdes
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A melhor forma de manter os Centros Históricos vivos e conseguindo que as pessoas os habitem e deles possam usufruir. Para tal, será necessário adaptá- 10s as exigências das populações contemporâneas, sem que, no entanto, se destruam as memórias do passado. A opção da abrangência geográfica desta dissertação recaiu sobre um espaço patrimonial porque é um local que, em cada dia, encerra um desafio diferente pois, além de ser um monumento, é, também, um documento. Quanto a opção pelos Espaços Verdes, inseridos num espaço patrimonial, esta prendeu-se, em primeiro lugar, com o facto de estar directamente relacionada com a Arquitectura Paisagista e, em segundo lugar, mas não menos importante, porque se pretende chamar a atenção para o valor patrimonial, ambiental e paisagístico de tais espaços. Também as dificuldades e dúvidas sentidas no decurso do nosso quotidiano profissional e o gosto pessoal por áreas históricas levaram ao estudo da temática inerente a toda a dissertação: A problemática dos Espaços Verdes nos Centros Históricos. A revisão bibliográfica efectuada e a observação directa dos referidos espaços levaram a concluir que os Espaços Verdes se revelam fundamentais como fonte de diversidade paisagistica e de utilização recreativa; que se deve proporcionar aos utentes dos Centros Históricos um contacto com a natureza; que os logradouros surgem como os Espaços Verdes de maior potencial nos Centros Históricos; que, por vezes, a população não respeita os Espaços Verdes que possui; e, que não se destacam, na bibliografia, orientações para a intervenção nos Espaços Verdes dos Centros Históricos. Foi com base nestas evidências que se sentiu a necessidade de criar um modelo para a intervenção nos Espaços Verdes dos Centros Históricos que alerte para os Espaços Verdes, a sua contribuição para o ordenamento da cidade, bem como a sua relevância social e a importância da sua localização nas cidades. O modelo criado aborda três vertentes: ambiental, estética e social, concretizadas em quatro tipos de iniciativas: Envolvimento da população, Marcação do Centro Histórico, Manutenção e recuperação dos Espaços Verdes e Conectividade com a envolvente. Este modelo foi aplicado teoricamente ao Centro Histórico de Penafiel, para se testar a possibilidade de aplicação do mesmo. Ao longo deste ensaio, surgiram várias potencialidades e obstáculos. No final da aplicação constatou-se que, apesar dos obstáculos, o modelo se revela inovador, quer no tipo de análise efectuada, quer no conhecimento sobre o tema, na medida em que as conclusões apresentadas permitem aos intervenientes neste processo conhecer o seu "real" papel e o seu grau de envolvimento no processo de reabilitação dos Espaços Verdes e (re)orientar, com o intuito de valorizar, a formação complementar dos quadros técnicos que actuam ao nível do planeamento urbano, no sentido de melhorar o seu efectivo desempenho no âmbito de todas as tarefas que Ihes são inerentes. ABSTRACT: The best way to keep Historic Centres alive isto ensure that people can inhabit and enjoy them. For that it is necessary to adapt Historic Centres to the demands of the modern population without destroying the memories of the past. The geographical location of this dissertation, an Heritage Area, was chosen due to the day to day challenges it causes for being a monument. In the context of Heritage Area, Green Spaces were chosen due to their close relationship with Landscape Architecture. Also important for their choice as subject of study was the desire to draw attention to their value in terrns of Heritage valorisation, landscape and environment. The doubts and difficulties that arise during our professional life and the personal appreciation for Historical Areas lead to the choice of subject for this dissertation: The problematic of Green Spaces in Historical Centres. Bibliographic research and direct observation of Green Spaces lead to the conclusion that these are fundamental for landscape diversity and leisure activities; that a bigger contact with nature should be offered to users of Historic Centres; that backyards are the Green Spaces with highest potential in Historic Centres; that sometimes the population does not respect the Green Spaces that they possess; and finally that in specialised bibliography no ruleslguides for intervention in Green Spaces of Heritage Areas are present. Based in this research emerged the need to create an action plan for Green Spaces of Historic Centres that will alert for the contribution of Green Spaces in urban planning as well as for its social relevance and importante of its city location. The action plan created includes three components: environmental, aesthetic, and social, materialized in four initiatives: Population involvement, Historical Centre demarcation, preservation and or recovery of the Green Spaces and blending in with the surroundings. This model was theoretically applied to the Historic Centre of Penafiel, as a proof of principle. During this time severa1 incentives and hindrances appeared. In the end it became clear that, despite the obstacles, the model is original regarding both the type of analysis performed and knowledge about the theme. Its conclusions allow those involved to become conscious of their "real" part and degree of involvement in the process of improvement of Green Spaces. It alço allows the (relorientation or complementary training for those involved in urban planning, so that their work effectiveness improves in all of the tasks assigned to them. As this work was being carried out it became obvious that the application of this action plan is viable and can contribute to the improvement of Historic Centres with more attractive and frequented Green Spaces, where those responsible for planning and deciding know their role and the inhabitants, better informed, may demand more from them.
description: Mestrado em Planeamento do Território - Ordenamento da Cidade
URI: http://hdl.handle.net/10773/3364
appears in collectionsCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2008001308.pdf13.43 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2