DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território > CSPT - Dissertações de mestrado >
 Quality assessment of undergraduate education in China : a policy analysis
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3337

title: Quality assessment of undergraduate education in China : a policy analysis
authors: Shuiyun, Liu
advisors: Rosa, Maria João Machado Pires da
Taylor, James Stover
keywords: Avaliação do ensino
Gestão da qualidade
Ensino superior
China
issue date: 2007
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Na presente dissertação é feita uma análise de uma política de ensino superiorestabelecida na China em 2002: a Quality Assessment of Undergraduate Education Policy.O principal objectivo da investigação realizada foi o deexplorar as consequências mais relevantes da implementação da política referida, incluindo os problemas e dificuldades inerentes a essaimplementação, o que permitiu propor um conjunto de sugestões para a suamelhoria. De forma a alcançar o objectivo referido, a investigação conduzida baseou-se nas perspectivas teóricas sobre avaliação da qualidade no ensino superior,enquanto enquadramento teórico subjacente à análise da política Chinesa deavaliação da qualidade. A análise realizada sobre a política Chinesa de avaliação da qualidade permitiu identificar quatro objectivos principais subjacentes à implementação de umsistema de avaliação da qualidade do ensino de graduação Chinês: melhoria,conformidade, informação e accountability. No entanto, a implementação da política estabelecidanão logrou cumprir completamente os seus objectivos,especialmente os relativos à melhoria da qualidade do ensino e à prestação decontas (accountability)por parte das instituições. Adicionalmente a implementação da política de avaliação da qualidade conduziu a alguns problemas não previstos inicialmente, tais como o aumento da cargaburocráticadas instituições de ensino superior, a emergência de uma culturade conformidade e de falsificação dos dados e documentos subjacentes àavaliação, bem como a um movimento no sentido da homogeneização das instituições de ensino superior. A reflexão realizada sobre esta política Chinesa para o ensino superiorpermitiu ainda verificar que as limitações do sistema de avaliação da qualidadeimplementado, bem como a relação existente entre o governo Chinês e as instituições de ensino superior influenciam significativamente a sua eficiência.Adicionalmente, os objectivos da política que constam dos documentos legais,a definição de qualidade adoptada e as abordagens à avaliação da qualidade empregues também contribuem para a sua reduzida eficiência. Com base nos problemas identificados, e tendo em vista a sua resolução, foiestabelecido um conjunto de recomendações para a melhoria da política deavaliação da qualidade em análise, com base nos princípios dos modelos incremental e racional de definição de políticas e reforma. ABSTRACT: This thesis analyzes a higher education policy issued in China in 2002:the Quality Assessment of Undergraduate Education Policy. The study explores the main consequences of the policy implementation, and the problems and difficulties inherent to it; the thesis ends up by giving some suggestions on how to improve the policy. Given this as the focus of the study, we resort to thetheory behind quality assessment in higher education to make an analysis ofthis quality assessment policy in China. The analysis of this policy reveals that in the context of Chinese higher education there are four main policy objectives: improvement, compliance, information and accountability. However, the policy has not completelyfulfilled its objectives, especially regarding improvement and accountability. Moreover it also led to some unintended problems, such as the increase of bureaucratic burdens on higher education institutions, the rising of a compliance culture and documents/data falsification, and the homogenization of higher educationinstitutions. The reflections on the quality assessment policy show that both the limitations of the quality assessment system per seand the relationship between the Chinese government and higher education institutions influenced the policy’s efficiency.Additionally the policy objectives put forward in policy discourses,the quality definition adopted and the approaches to quality assessmentemployed also contribute to its low efficiency. Based on the problems identified, and aiming at solving them, some recommendations are offered to improve the policy following the principles of incremental and rational models of policy-making and reform.
description: Mestrado em Ensino Superior (Erasmus Mundus)
URI: http://hdl.handle.net/10773/3337
appears in collectionsCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2007001034.pdf980.43 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2