DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Teses de doutoramento >
 A relação de ajuda no ensino de enfermagem
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3315

title: A relação de ajuda no ensino de enfermagem
authors: Rocha, Amarílis Pereira
advisors: Rodrigues, Manuel Alves
Pereira, Anabela Maria de Sousa
keywords: Ciências da saúde
Ensino da enfermagem
Métodos pedagógicos
Relação de ajuda
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Esta investigação tem como objectivos: analisar a perspectiva dos jovens enfermeiros sobre o seu desempenho de Relação de Ajuda e a respectiva contribuição da formação académica; analisar o desempenho de ajuda dos docentes aos estudantes; compreender os métodos pedagógicos facilitadores de Relação de Ajuda em ensino clínico; desenvolver linhas orientadoras para a acção pedagógica e clínica facilitadoras da promoção de competências relacionais de estudantes, enfermeiros e professores. A abordagem teórica pretende fundamentar o Cuidar em enfermagem, a Relação de Ajuda definida através das dimensões nível de respeito, compreensão empática, incondicionalidade do respeito e congruência, e o desenvolvimento de competências, no âmbito da formação, para a prática relacional de ajuda. A contribuição empírica contempla três estudos integrados e coerentes que englobam abordagem qualitativa, exploratória-descritiva, e abordagem quantitativa, do tipo descritivo-correlacional. Os estudos envolvem cinquenta e sete enfermeiros, vinte e nove docentes e duzentos e dezanove estudantes de enfermagem que elaboraram Narrativas e responderam a um protocolo de questionários constituído por Ficha de Caracterização, Ficha de Formação e Inventário de Relações Interpessoais de Barrett-Lennard. Os resultados indicam que os enfermeiros têm uma percepção positiva da Relação de Ajuda que estabelecem com os utentes, salientando-se a dimensão nível de respeito; os docentes percebem ser positiva a sua Relação de Ajuda com os estudantes mas estes não confirmam a percepção dos docentes, classificando todas as dimensões com níveis inferiores e considerando a congruência negativa; as metodologias pedagógicas adoptadas no ensino clínico são adequadas ao desenvolvimento de saber cognitivo; docentes e estudantes conhecem as metodologias adequadas para o desenvolvimento de competências relacionais que os enfermeiros devem englobar na sua prática profissional. A partir da integração das diferentes perspectivas são sugeridas algumas implicações ao nível da intervenção pedagógica e clínica com apresentação de um plano de intervenção estratégica contextualizada para a prática clínica e pedagógica.

This research aims to: analyse the perspective of young nurses on their own performance in what respects Help Relationship and the contribution of their academic education in this scope; analyse teachers´s performance in their Help Relationship with students; understand the pedagogical methods witch might facilitate Help Relationship in clinical practice; develop action guidelines for intervention at pedagogical and clinical levels with the purpose of further developing relational competences among students, nurses and teachers. The theoretical approach targets to establish the rationales of Caring, of Help Relationship based on dimensions level of regard, emphatic understanding, unconditionality and congruence, and of the development of competences in training environments for the improvement of help relational practices. The empirical contribution refers to three integrated and coherent studies, which combine qualitative and quantitative approaches. One has applied a set of questionnaires which includes one for collaborators’ characterization, another to know their previous formation an finally the Barrett-Lennard Relationship Inventory, along with the use of narratives. These tools are applied to 57 nurses, 29 teachers and 219 nursing students. Results indicate that nurses has a positive perception of their Help Relationship with patients, with relevance to level of regard; although teachers perceive their help relationship with students as being positive, this is not confirmed by students themselves; students’ assessment is lower in all dimensions and they perceive teachers’ congruence as being negative; pedagogical methodologies used in clinical practice are appropriated to cognitive knowledge; teachers and students are aware of the methodologies appropriate for the development of relational competences that nurses must has in professional practice. Based on the integration of these different perspectives, this research puts forward some implications for pedagogical and clinical intervention, along with a plan for strategic contextualised intervention in clinical and pedagogical practices.
description: Doutoramento em Ciências da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10773/3315
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
CS - Teses de doutoramento

files in this item

file sizeformat
2009000631.pdf2.41 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2