DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 Avaliação de crianças com disfluência
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3300

title: Avaliação de crianças com disfluência
authors: Valente, Ana Rita dos Santos
advisors: Jesus, Luís
keywords: Ciências da fala e da audição
Fala
Gaguez
Crianças
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este trabalho consiste na elaboração de um protocolo de Anamnese de Gaguez, um conjunto de Perguntas Específicas para a criança com gaguez e um Protocolo de Avaliação da Severidade da Gaguez, justificados pelo facto da não existência de materiais que permitam ao Terapeuta da Fala realizar um registo sistemático da informação clínica proveniente do processo de avaliação de uma criança com gaguez. Pretende-se, ainda, a obtenção de dados experimentais sobre as características de fala das crianças com gaguez. Os materiais elaborados foram aplicados a um grupo de crianças com gaguez, tendo sido igualmente aplicado o Protocolo de Avaliação da Severidade da Gaguez a um grupo de crianças sem gaguez. Os dados obtidos sugerem que os parâmetros frequência de disfluência e comportamentos secundários são determinantes para a diferenciação entre crianças com gaguez e crianças sem gaguez, ao contrário do parâmetro duração, cujos valores não são significativamente diferentes entre os grupos considerados. ABSTRACT: This study focuses on the development of a Standard Stuttering Case History Form, a set of specific questions for the child who stutters and a Stuttering Severity Protocol, justified by the fact that there are no materials to support Speech Language Therapists’ systematic record of the clinical information obtained from the evaluation process of a child who stutters. The aim is also to obtain experimental data on the speech characteristics of children who stutter. The materials prepared were applied to a group of children who stutter, and the Stuttering Severity Protocol was also applied to a group of children who do not stutter. The data suggest that frequency of disfluency and secondary behaviours are essential to differentiate between children who stutter and who do not stutter, unlike the duration parameter, whose values are not significantly different between the groups.
description: Mestrado em Ciências da Fala e da Audição
URI: http://hdl.handle.net/10773/3300
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
DLC - Dissertações de mestrado
DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2010000179.pdf921.74 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2