DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Secção Autónoma de Ciências da Saúde > CS - Dissertações de mestrado >
 Aplicação da escala de Gijón em rastreio de risco social
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3280

title: Aplicação da escala de Gijón em rastreio de risco social
authors: Mourão, Lúcia Maria Rebelo
advisors: Martín, José Ignacio Guinaldo
keywords: Gerontologia
Pessoas idosas
Exclusão social
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Objectivo: O presente estudo pretende analisar a validade da aplicação da Escala de Gijón em rastreio de risco social em pessoas idosas com idade igual ou superior a 75 anos. Esta validação insere-se num estudo mais amplo com o objectivo último da criação de um protocolo de rastreio para identificação de pessoas idosas vulneráveis (RNAR-75). Método: Procedeu-se à tradução e retro tradução para a língua portuguesa da Escala de Gijón. Posteriormente foi aplicada a 240 pessoas idosas distribuídas por meio duma amostragem por cotas não aleatórias nos contextos de serviço comunitário e de cuidados de saúde primários O tempo médio de administração do protocolo foi de 20 a 25 minutos dos quais 3 a 4 minutos se destinaram à escala de Gijón. A Escala de Gijón é um instrumento estruturado de avaliação social de pessoas idosas. Resultados: O índice de alfa de Cronbach de 0,41 denota uma consistência interna pequena, utilizou-se uma curva ROC para o estudo da sensibilidade e especificidade, sendo o ponto de corte escolhido 13 valores onde 19,51% da amostra ficou identificada na categoria de risco social. Foi encontrado estatisticamente um risco associado significativo entre o acontecimento identificado pela Escala de Gijón como de Risco Social, e um conjunto de outros indicadores avaliados pelo RNAR-75, como a idade cronológica, viver sozinho, viver próximo de alguém que consuma álcool e estar deprimido. Conclusões: A multidimensionalidade da avaliação de risco social coloca muitos desafios à validação de um instrumento com estas características. A identificação do ponto de corte na Escala de Gijón no valor 13, embora tenha de ter em conta a análise e a indicação dada pela curva ROC, tem também um cunho de conveniência. Não obstante, a Escala de Gijón encontra-se essencialmente vocacionada para ser utilizada em conjunto com outras escalas ou itens em protocolos de avaliação multidimensional da pessoa idosa e poderá revelar-se um instrumento útil à gestão de listas de espera e planificação de serviços sociais gerontológicos. ABSTRACT: Purpose: The present study intends to analyse the validity of the application of the scale of Gijón in tracing social risk in aged people with equal or superior age to 75. This validation is inserted in a wider study with the last objective of creating a protocol of tracing identification of vulnerable aged people (RNAR- 75). Method: The scale of Gijón was translated for the Portuguese language, using the technique of retro-translation. Then it was applied to 240 aged ones distributed through sampling for not random quotas in the contexts of communitarian service and primary health care. The average time of administration of the protocol was of 20 to 25 minutes of which 3 to 4 minutes had been destined to the scale of Gijón application. Results: The internal coherence (alpha of Cronbach) in the scale of Gijón was of 0, 41 which denotes a small internal consistency. A ROC curve for study of sensitivity and specification was used, being the chosen point of cut of 13 values, where 19.51% of the sample was identified in the category of social risk. A significant risk was found associated to the event identified by the Gijón scale (Social Risk) and a set of other pointers evaluated by the RNAR-75: bigger chronological age, to live alone, to live next to an alcohol consumer and to be depressed. Conclusions: The Multidimensionality of the evaluation of social risk essentially places many challenges to the validation of such an instrument. The identification of the point of cut in the scale of Gijón, though it must have in account the analysis and the indication given by the ROC curve, also has a political matrix. Nevertheless, the scale of Gijón is essentially devoted to be used in set with other scales or items in protocols of multidimensional evaluation of the elderly and will be a useful instrument to the management of waiting-lists and planning of gerontology social services.
description: Mestrado em Gerontologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/3280
appears in collectionsCS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2009000424.pdf2.64 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2