DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Instituto Superior de Contabilidade e Administração > ISCA - Dissertações de mestrado >
 Inovação: um factor chave para a competitividade das organizações
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/3259

title: Inovação: um factor chave para a competitividade das organizações
authors: Gomes, Cândida da Conceição Magalhães
advisors: Gonçalves, Francisco Nuno Rocha
keywords: Competitividade das empresas
Empresas
Investigação e desenvolvimento
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Face à crescente globalização da actividade económica, à progressiva integração dos mercados e aos desafios que se colocam às empresas, a inovação e a investigação e desenvolvimento (I&D) assumem-se cada vez mais como factores chave da competitividade empresarial. As empresas, conscientes deste facto, devem cada vez mais esforçar-se por inovar, desenvolvendo novos produtos, serviços e processos, ou melhorando os existentes através de ideias criativas (criatividade), conhecimento e I&D para serem competitivas face aos seus concorrentes. Várias abordagens teóricas, desenvolvidas nos últimos anos, sustentam que a inovação não é algo que resulta da acção isolada de um único actor, mas é vista como um processo não linear, complexo, evolucionário e interactivo entre as empresas e o seu meio envolvente. A presente investigação tem como objectivo analisar o impacto provocado pela inovação e pelo investimento em I&D na competitividade das empresas. Assim, desenvolve-se um suporte teórico sobre a temática inovação e competitividade, confirmado por um suporte empírico através da análise de entrevistas de casos de estudo em vários tipos de organizações distintas, que permitem analisar o objectivo pretendido. Os resultados obtidos mostram que as empresas preocupam-se por inovar os seus produtos e/ou serviços, recorrendo ao investimento em I&D e à inovação e têm consciência que hoje em dia têm de apostar nestas duas componentes como factores chave para serem empresas inovadoras, competitivas e de sucesso. ABSTRACT: Given the increasing globalization of economic activity, the gradual integration of markets and the challenges faced by companies, innovation and research and development (R&D) take up more and more as key factors of business competitiveness. Aware of this fact, Companies must increasingly take efforts to innovate, developing new products, services and processes, or improving existing ones through creative ideas (creativity), knowledge and R&D to be competitive on dealing with their competitors. Several theoretical approaches were developed in recent years, argue that innovation is not something that results from the isolated action of a single actor, but is seen as a non-linear process, complex, evolutionary and interactive, between companies and the environment. This research aims to analyze the impact caused by the innovation and R&D on business competitiveness. Thus, it develops a theoretical support on innovation and competitiveness issues, confirmed by an empirical support through the analysis of interviews with case studies in different types of organizations, which consider the intended purpose. The results show that companies are worried about innovating their products and services, using the R&D and innovation and are aware that nowadays they have to bet on these two components as key factors to be innovative, competitive and successful companies.
description: Mestrado em Contabilidade - Auditoria
URI: http://hdl.handle.net/10773/3259
appears in collectionsISCA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2010000574.pdf436.91 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2