DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Química > DQ - Dissertações de mestrado >
 A química orgânica no ensino secundário : percepções e propostas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2967

title: A química orgânica no ensino secundário : percepções e propostas
authors: Leal, Sérgio Carreira
advisors: Silva, Artur Manuel Soares da
Faustino, Maria do Amparo Ferreira
keywords: Ensino da química
Química orgânica
Ensino secundário
Manuais escolares
Desenvolvimento dos currículos
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Foi intenção deste estudo analisar as percepções de alunos e professores sobre a química orgânica no ensino secundário, a partir das quais se apresentam algumas propostas que se consideram importantes para melhorar o processo ensino-aprendizagem desta área da química. A escolha da química orgânica deveu-se ao facto de se considerar esta área da química menosprezada nos programas propostos pelo Ministério de Educação, tendo em consideração a sua importância no quotidiano. A nova reforma curricular do ensino secundário que se iniciou no ano lectivo 2004/2005 continua na mesma linha dado que se verifica uma redução de conteúdos de química orgânica relativamente à reforma curricular anterior. Mais do que uma simples análise da situação actual da química orgânica no ensino secundário, este estudo é um projecto de desenvolvimento curricular, considerando-se como destinatários os responsáveis pela elaboração e revisão dos programas curriculares do Ministério de Educação, autores de manuais escolares que utilizam os programas como referencial para o desenvolvimento de materiais escolares que servem de apoio ao processo ensino-aprendizagem e professores do ensino secundário, que devem proporcionar aos alunos a motivação necessária e promover a literacia científica para a aprendizagem da química orgânica. Este estudo envolveu não só a análise documental dos programas propostos pelo Ministério de Educação, relativos às disciplinas das áreas da química e biologia das duas últimas reformas curriculares e de manuais escolares do ensino secundário do ano lectivo 2004/2005, mas também a análise descritiva de natureza quantitativa de três questionários: dois administrados a alunos do ensino secundário e alunos que frequentavam o primeiro ano do ensino superior e o terceiro administrado a professores do ensino secundário das áreas de biologia e química. Os resultados deste estudo apontam para a necessidade de intervenções relacionadas com a revisão dos programas curriculares e dos manuais escolares do ensino secundário das áreas de biologia e química e com a formação inicial e contínua dos professores deste nível de ensino. Para tal, é necessário adoptar as metodologias de ensino às novas exigências de aprendizagem da Ciência, da Tecnologia, do Ambiente e das suas inter-relações com a Sociedade da Informação em que se vive nos dias de hoje, apostando em aulas diversificadas com maior componente laboratorial e com recurso às novas tecnologias da comunicação. ABSTRACT: This study intended to analyse the perception both from students and teachers regarding organic chemistry subject in secondary school education. From that analysis some important proposals are presented to improve the teaching/learning process in this area of chemistry. Organic chemistry was chosen because this area of chemistry is undervalued in the teaching programmes proposed by the Ministry of Education although it is quite important in the day life. The new curricular amendment of the secondary school education which began in 2004/2005 follow the same guideline of the old programme, as the content of organic chemistry has decreased. More than a simple analysis of the actual situation of the organic chemistry taught in secondary school, this study is a developing curricular project aimed to several persons: those from the Ministry of Education responsible for the elaboration and revision of the curricular programmes; authors of textbooks who use the programmes as a guideline to develop material supporting the teaching/learning process, and teachers of the secondary schools who shall provide to the students the necessary reasoning and promote the scientific literacy regarding the learning of organic chemistry. This study involved the examination of the programmes proposed by the Ministry of Education regarding the chemistry and biology subjects for the last two curricular amendments and of some textbooks. Also, it revised the quantitative descriptive analysis regarding three questionnaires: the first was answered by the students of secondary school, the second given to first year university students and the third questionnaire was addressed to teachers of the biology and chemistry educational areas from secondary schools. The results of this study point out the need of intervention regarding the amendment of the curricular programmes and textbooks in the secondary school in the educational areas in question. Moreover, the initial and continuous formation of the teachers at this level is a point to emphasize. For such it is necessary to adopt the teaching methodologies to the new learning requirements regarding Science, Technology, Environment and their inter-relations with the Society of Information we are living in nowadays. Diversified classes with a greater laboratorial component and take advantage from the communication technologies shall be the solution.
description: Mestrado em Ensino da Física e da Química
URI: http://hdl.handle.net/10773/2967
appears in collectionsDQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2007001385.pdf2.96 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2