DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Línguas e Culturas > DLC - Dissertações de mestrado >
 Inglês para fins específicos, engenharia e a indústria : que relação?
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2792

title: Inglês para fins específicos, engenharia e a indústria : que relação?
authors: Branco, Denise Gonçalves
advisors: Roberto, Maria Teresa Costa Gomes
keywords: Língua inglesa
Língua inglesa
Língua inglesa
Língua inglesa
Língua inglesa
issue date: 2005
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O contexto internacional em que vivemos gerou mudanças no que diz respeito a competência comunicativa do indivíduo no âmbito de contextos profissionais. Exigências de natureza social levaram a que pressões significativas tenham sido feitas aos sistemas educativos no sentido de os levar a ir ao encontro de necessidades comunicativas específicas das comunidades profissionais. O Ensino Superior não foi excluida destas alterações e as mudanças desejáveis encontram-se concretizadas no Acordo de Bolonha. O ensino das línguas não é uma excepção e as exigências especificas dos sectores profissionais deram origem a situações que exigem que os professores de Iínguas vão ao encontro de necessidades comunicativas altamente específicas. A importância da língua inglesa como língua franca em contextos empresariais e tecnológicos tem vindo a exigir mudanças e alterações no enquadramento teórico que justifica as decisões tomadas pelos professores de Inglês para Fins Específicos no que respeita a metodologias adoptadas dentro da sala de aula e conteúdos dos cursos. A pertinência de uma abordagem de Inglês para Fins Específicos tem vindo a ganhar importância novamente. Contudo, professores e teóricos têm vindo a verbalizar a necessidade de gerar novos pressupostos teóricos que permitam aceitar os desafios colocados por necessidades comunicativas altamente especificas no sentido de tornar os alunos mais autónomos e mais capazes de tomar decisões apropriadas quando confrontados com situações especificas. Neste trabalho, propõe-se um enquadramento teórico que assenta na confluência de duas perspectivas teóricas, nomeadamente Sysfemic- Functional Linguistics e Genre Theory aliadas aos contributos dados por Needs Analysis que permite proceder ao levantamento das necessidades das comunidades profissionais alvo. Assim, é possível identificar as tipologias textuais geradas por essas mesmas comunidades discursivas, bem como a forma como estes textos permitem aos utilizadores atingir os seus objectivos comunicativos de natureza profissional. A aplicabilidade deste enquadramento teórico foi aplicado a disciplina de Inglês do primeiro ano dos cursos de Engenharia Electromecânica e Electrotecnica leccionados na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda - Universidade de Aveiro, no ano lectivo de 200312004. ABSTRACT: The international context we live in has brought about changes regarding individuais' communicative competence within professional environments. Societal requirements have placed a significant pressure on education systems which are expected to cater for the specific communicative needs of the professional communities. Higher education has not been an exception and changes at this level have been propounded by The Bologna Declaration. Language teaching has not been excluded from this setting and specific demands of the professional sectors have created situations which require that language teachers cater for highly specific communicative needs. The importante of English as the língua franca in business and technological contexts has called for changes and innovations in the theoretical frameworks which suppori the decisions made by ESP teachers concerning classroom methodologies and contents of courses. The validity of an English for Specific Purposes approach has been brought into the highlight again, but teachers and theorists have verbalized the need for a new theoretical approach which allows highly specific needs to be addressed in such a way that students are taught to be more autonomous and more able to make appropriate choices when faced with specific situations. In this work I propose a theoretical framework which consists in the bringing together of two theories, namely Systemic-Functional Linguistics and Genre Theory and the contribution that a methodology such as that of Needs Analysis gives in assessing the needs of the target professional discourse communities, namely by identifying the genres which are generated within these specific communities, as well as the way in which such genres allow the users to achieve their social and communicative goals. The applicability of this theoretical framework was applied to the English course of the lStyearo f the Electromechanical and Electrotechnical Engineering courses lectured at Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda - Universidade de Aveiro. The findings of needs analysis were considered in the designing of the course syllabus and the effectiveness of a genre approach was analysed within the field of ESP.
description: Mestrado em Estudos Ingleses
URI: http://hdl.handle.net/10773/2792
appears in collectionsDLC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2009000513.pdf4.38 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2