DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Línguas e Culturas > DLC - Dissertações de mestrado >
 Comportamentos de transgressão em Edna O'Brien : leituras e perspectivas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2767

title: Comportamentos de transgressão em Edna O'Brien : leituras e perspectivas
authors: Graça, Maria de Nazaré Faria Varelas
advisors: Ferreira, Maria Aline Salgueiro de Seabra
keywords: Literatura inglesa
Comunicação não-verbal
Linguagem corporal
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A adopção da Comunicação Não Verbal como uma estratégia narrativa usada pela escritora irlandesa Edna O’Brien na trilogia The House of Splendid Isolation (1994), Down by the River (1996) e Wild Decembers (1999) constituiu o ponto de partida para a elaboração da presente dissertação. As áreas da Comunicação Não Verbal como a linguagem cinestésica ou a proxémica (a percepção do espaço e o uso que dele fazemos) revelaram-se pertinentes para a análise da referida trilogia. É, igualmente, objectivo deste trabalho problematizar algumas questões que se prendem com a expressão da voz e da experiência no feminino. O corpo, portador de significação, deve ser lido como um texto que oferece uma multiplicidade de leituras e de diferentes perspectivas. Neste contexto, a expressão da voz e da experiência feminina passa necessariamente pela linguagem corporal, assumindo-se como uma alternativa ao discurso patriarcal. A exploração das potencialidades que o corpo oferece como portador de significado e como elemento de ruptura do discurso dominante será também motivo de análise e de discussão neste trabalho. ABSTRACT: The main purpose of this work is to analyse the trilogy, The House of Splendid Isolation (1994), Down by the River (1996) and Wild Decembers (1999) by the Irish writer Edna O’Brien, highlighting the role of Non Verbal Communication as a narrative strategy which reveals women’s voice and experience. It will also be discussed how body language and proxemics are cunnily used by O’Brien as means to convey the idea that women have a discourse of their own which assumes itself as an alternative to the patriarchal one. The body portrays meaning and it should be read as a meaningful text. The multiplicity of readings and perspectives that are offered are quite interesting and enriching. This dissertation will basically offer personal readings of the above trilogy as well as an opportunity to discuss the potentialities of body language as a way of asserting women’s identity and self expression.
description: Mestrado em Estudos Ingleses
URI: http://hdl.handle.net/10773/2767
appears in collectionsDLC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2008000351.pdf1.12 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2