DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Geociências > GEO - Dissertações de mestrado >
 Depósitos de caulino associados a faixas de fracturação: geologia, morfotectónica e georrecurso
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/2736

title: Depósitos de caulino associados a faixas de fracturação: geologia, morfotectónica e georrecurso
authors: Coelho, Alexandra Maria Silvestre
advisors: Rocha, Tavares
Chaminé, Helder Gil Iglésias de Oliveira
keywords: Minerais e rochas industriais
Jazigos minerais
Caulino
Recursos minerais
Geotectonica
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Este trabalho sintetiza o conhecimento das principais ocorrências de depósitos de caulino localizados próximo à faixa Atlântica do NW de Portugal e da Galiza, nomeadamente ao longo da faixa metamórfica de Porto–Albergaria-a- Velha. Para tal, apresenta-se uma visão geodinâmica do quadro geológico e geomorfológico estrutural responsável pelo controlo tectónico destas ocorrências de modo a estabelecer eventuais indicadores de prospecção deste georrecurso na região. O caulino foi um dos georrecursos explorados e manipulados pela Humanidade desde tempos imemoriais. Desde o extremo oriente até à Europa, passando por países do continente americano este georrecurso pôde ser prospectado, explorado e utilizado para benefício do Homem. A observação de um mapa de recursos geológicos da Península Ibérica, permite constatar a existência prolífera de depósitos de caulino por todo o território Ibérico. No entanto, se atendermos a uma análise mais minuciosa, é possível observar que na região NW Penínsular, este georrecurso se encontra bem distribuído, coincidindo com alinhamentos estruturais bem definidos. A génese destes depósitos está dependente de diversos constrangimentos, nomeadamente das condições litológicas, estruturais e morfológicas. Foi desenvolvida, aplicando uma abordagem multidisciplinar, uma sistematização dos depósitos de caulino de natureza residual existentes a Sul da cidade do Porto e nas imediações a Norte de Aveiro. Analisaram-se os depósitos com origem na alteração hidrotermal de rochas granitóides e gnaisses presentes no bordo NW Penínsular do soco cristalino ante- Mesozóico. Este recurso geológico relaciona-se do ponto de vista estrutural com faixas intensamente tectonizadas, seguindo corredores tectónicos bem definidos (NNW-SSE e NE-SW), associadas à faixa de cisalhamento de Porto – Albergaria-a-Velha. Os dados obtidos através da fotointerpretação (realizada a várias escalas), bem como a análise da cartografia geológica publicada ou a realização de cartografia de terreno, permitiram observar que os depósitos estudados se situam em locais que se podem relacionar entre si. Todos os depósitos analisados se enquadram num contexto geológico e geomorfológico idêntico, ou seja, estão todos implantados a cotas máximas de 250m, em terrenos graníticos ou gnáissicos, nos quais são frequentes nós tectónicos e alinhamentos de bandas de fracturação, com direcções específicas. Desta forma, pode afirmar-se que a associação de todos estes factores promoveu a formação deste georrecurso, num estádio inicial por acção hidrotermal profunda e, numa fase posterior, através da alteração contínua originada pela acção de geofluidos de natureza meteórica. ABSTRACT: This work synthesizes the present knowledge of the main occurrences of the kaolin deposits located near the NW of Portugal and Galiza Atlantic shoreline, namely throughout the Porto-Albergaria-a-Velha metamorphic belt. A geodynamic insight of the geotectonical and morphostructural control of the several outcropping kaolin deposits is presented in order to establish possible exploration guidelines of the georesources. Kaolin deposits were one of the earth resources exploited by Humankind since immemorial times, all over the world. The observation a geological resources map of the Iberian Peninsula, testifies that kaolin deposits exist all over the territory. Nevertheless, one may conclude that along the NW Iberia this georesource is well diffused, being fitted with major tectonic lineaments. The genesis of these deposits is dependent on several constraints, namely lithology, tectonic and morphology. A multidisciplinary approach was applied to the systematization of residual kaolin deposits located on the South of Porto city, as well on the vicinities of Aveiro region. All the deposits that resulted from the hydrothermal alteration of granitic and gneissic rocks, located along the ante-Mesozoic crystalline bedrock of the NW Iberia, were analysed. This georesource is structurally related to high deformed metamorphic belts, following specific tectonic corridors (NNW-SSE and NE-SW), related with the Porto–Albergaria-a-Velha shear zone. The data obtained by photo-interpretation (at several scales) as well as the analysis of field geological aspects, allowed us to conclude that all the studied deposits were related, even if they weren’t geographically close to each other. All the studied deposits are located in a similar geological and geomorphological context. The deposits are established at a maximum altitude of 250m, on granitic or gneissic substratum, in which are frequent tectonic nodes and shear zones. This way, we may conclude that the association of the geotectonical, geomorphological and mineralogical factors were responsible for the kaolin deposits formation, in a first stage by a hydrothermal action and afterwards through a continuous alteration originated by the action of meteoric geofluids.
description: Mestrado em Minerais e Rochas Industriais - Georecursos
URI: http://hdl.handle.net/10773/2736
appears in collectionsGEO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
PT Mar - Dissertações de mestrado

files in this item

file sizeformat
2010000295.pdf6.93 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2