DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Ambiente e Ordenamento > DAO - Dissertações de mestrado >
 Avaliação da exposição da população portuguesa a ruído ambiente
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/18815

title: Avaliação da exposição da população portuguesa a ruído ambiente
authors: Ferreira, Ricardo André Pinto de Sousa
advisors: Samagaio, António José Barbosa
keywords: Engenharia do ambiente
Ruído - Efeitos fisiológicos
Saúde ambiental
Poluição sonora - Portugal
issue date: 2016
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Nos últimos anos, em Portugal tem-se verificado uma situação de incumprimento do enquadramento legal vigente, no que concerne ao ruído ambiente. Isso resulta na indeterminação acerca do panorama de exposição da população portuguesa a ruído ambiente. No entanto, usando dados da população exposta, com base nos mapas de ruído de 38 municípios de Portugal Continental, foi possível criar modelos para estimar a população exposta ao ruído para os restantes municípios que não possuíam dados da exposição da população. Os resultados obtidos mostraram que 73,8 % dos municípios possuem menos de 5 % da sua população exposta a níveis de ruído superiores a 65 dB(A), para o indicador Lden e 95,4 % dos municípios possuem entre 5 % e 10 % da sua população exposta a mais de 55 dB(A) para o indicador Ln. Os municípios com maiores percentagens de população exposta, situam-se, tendencialmente, na faixa litoral do país, entre os distritos de Setúbal e Viana do Castelo. A essa área correspondem as regiões com maior densidade populacional e com maior densidade de grandes infraestruturas de tráfego rodoviário, verificando-se uma relação entre o tráfego rodoviário e a exposição ao ruído. No global, segundo o indicador Lden, 18,8 % da população encontra-se exposta a níveis associados a doenças isquémicas do coração e enfarte do miocárdio (> 60 dB(A)). Segundo o indicador Ln 17,9 % da população está exposta a níveis superiores a 50 dB(A), ou seja, exposta a níveis associados a efeitos adversos à saúde, como por exemplo ao risco de doença cardiovascular.

In Portugal, with regard to environmental noise, the current legal framework has been violated over the last years. As a result, there is a great uncertainty related to the environmental noise exposure panorama of the portuguese population. However, using data regarding the exposed population, based on the noise maps of 38 municipalities in continental Portugal, it was possible to estimate the exposed population to the environmental noise in municipalities that do not have that information available. The obtained results have shown that 73.8 % of the municipalities have less than 5 % of its population exposed to noise levels above 65 dB(A), considering the Lden indicator, and in 95,4 % of the municipalities, the percentage of the exposed population to noise levels above 55 dB(A), considering the Ln indicator, varies between 5 % and 10 %. The municipalities, where the percentage of the exposed population is higher, are tendentiously located near the coastline of the country, essentially between Setúbal and Viana do Castelo. This area comprises the greatest regions in terms of population density and major roads density, having been verified a relationship between road traffic and noise exposure. Globally, based on the Lden indicator, 18.8 % of the population is exposed to noise levels that are associated to ischemic heart diseases and myocardial infarctions (> 60 dB(A)). Regarding the Ln indicator, 17.9 % of the population is exposed to noise levels above 50 dB(A), which are associated to adverse effects on health, such as heart disease.
description: Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10773/18815
appears in collectionsDAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
Avaliação da exposição da população portuguesa a ruído ambiente.pdf3.97 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2