DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Dissertações de mestrado >
 Estudo de uma estratégia colaborativa no sector do vinho do Porto
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1759

title: Estudo de uma estratégia colaborativa no sector do vinho do Porto
authors: Pereira, José da Costa
advisors: Moreira, António Carrizo
Moutinho, Vítor Manuel Ferreira
keywords: Estratégia empresarial
Internacionalização de empresas
Alianças estratégicas
Vinho do Porto
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: As rápidas e abrangentes mudanças nos mercados mundial e regional de vinhos, com significativo impacto sobre o sector do vinho do Porto em Portugal, estimularam a realização desta investigação. Assim, numa primeira fase do estudo objectivou-se analisar as motivações e as estratégias de internacionalização adoptadas para a marca de vinho do Porto beta, com vista a determinar a existência de um modelo estratégico dominante. Para isso, procedeu-se à revisão da literatura referente à abordagem teórica do paradigma eclético de Dunning, e às estratégias de internacionalização defendidas por este e por outros autores. Numa fase subsequente deste trabalho foi verificada a influência das alianças estratégicas na geração de valor acrescentado para a cadeia de valor da empresa proprietária da marca beta. Neste sentido objectivou-se: i) validar a relação, ou seja a aliança, a partir do referencial teórico entre o desenvolvimento de diferentes combinações de alianças estratégicas e a consequente variação de indicadores de mercado (preços, volumes transaccionados e quotas de mercado); ii) proceder ao levantamento e tratamento de dados para a realização de uma análise exploratória das características subjacentes a esta relação de parceiros, consubstanciada numa aliança estratégica entre o produtor da marca beta e um grupo multinacional distribuidor de bebidas alcoólicas. Verificou-se com recurso a modelos econométricos a explicitação dessas relações, pela conjugação de efeitos cruzados entre as variáveis que reflectem os impactes da criação de valor da aliança estratégica na quota relativa da marca beta. Adicionalmente, encontraram-se indícios de que as alianças com finalidades de integrar a produção e a distribuição, são as que contribuem mais positivamente para o incremento dos volumes transaccionados nos mercados externos e que, quanto mais diversos os tipos de alianças desenvolvidas concomitantemente, menores os benefícios, embora estes sempre existam, para o incremento do capital relacional. ABSTRACT: This research was stimulated by the quick and broad changes in worldwide and regional wine markets, which had meaningful impact on the Portuguese Port Wine sector. Thus, the first phase of the study aimed to analyze the motivations and the internationalization strategies adopted for the Port Wine Brand beta, to determine whether there was a dominant strategic model. To achieve this, we proceeded to review the literature on the theoretical approach of the eclectic paradigm of Dunning, and the internationalization strategies advocated by this and by other authors. In a subsequent phase of this study the influence of strategic alliances to generate added value for the Brand beta owner company was evaluated. In this sense the study aimed to: i) validate the alliance relationship, through the theoretical framework among the development of different strategic alliances combinations and the resulting variance in the market indicators (prices, trading volumes and market shares) ii) proceed to data survey and processing in order to perform exploratory analysis of the partners relationship underlie characteristics, reflected in the strategic alliance between the Brand beta producer and the beverage industry multinational distributor. It was verified through the usage of econometric models, the disclosure of these relationships, by the combination of cross effects between the variables reflecting the impact from strategic alliances added value in the relative share of the Brand beta trade. Additionally, some evidence was found about the fact that alliances aiming to integrate production and distribution, are those that contribute more positively to the foreign markets volume trade increase and that the more different types of alliances are developed concomitantly, lower the benefits, although those always exist, for relational capital improvement.
description: Mestrado em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10773/1759
appears in collectionsDEGEI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000628.pdf1.26 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2