DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > CiDTFF - Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores > CiDTFF - Artigos >
 Abordagem holística no sistema educativo português para desenvolver a(s) Literacia(s) das Ciências integradas com o Inglês
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/17537

title: Abordagem holística no sistema educativo português para desenvolver a(s) Literacia(s) das Ciências integradas com o Inglês
authors: Piacentini, V.
Simões, A.R.
Vieira, R.
keywords: Educação em Ciências
literacia científica
Inglês
CLIL/AILC (Content and Language Integrated Learning / Aprendizagem Integrada de Línguas e Conteúdos)
issue date: 1-Sep-2016
publisher: CiDTFF
abstract: Numa orientação CTS do currículo de Ciências almeja-se o desenvolvimento da literacia científica dos alunos, que os torne sujeitos participantes envolvidos na discussão responsável de questões socio-científicas. Para participar, é fundamental saber comunicar sobre as Ciências e através delas, e usar outras línguas para a discussão ao nível global. Este trabalho – alicerçado numa perspetiva socio-construtivista da aprendizagem das Línguas estrangeiras e das Ciências – visa compreender, no âmbito de um projeto escolar no 3.º Ciclo do Ensino Básico, o cruzamento entre a construção de conceitos e contextos das Ciências com a(s) sua(s) “língua(s)” e a prática do Inglês na mesma sala de aula, através de uma abordagem que confere mais importância à Língua (CLIL), em geral e das Ciências. Trata-se de um estudo de caso descritivo-interpretativo que envolve quatro turmas, duas professoras de Ciências Naturais e uma de Inglês. Os dados foram recolhidos através de inquérito por entrevista (professoras) e por questionário (alunos) e através da observação. Serão apresentadas as respostas dos alunos às questões relacionadas com as Ciências, o Inglês e a sua articulação, e integradas com as informações preliminares resultantes de observações, as quais pretendem caraterizar o contexto. Recorreu-se à análise de conteúdo para interpretar as respostas abertas e à análise estatística para as fechadas. Emergem evidências de que esta abordagem fomenta a comunicação e consciencialização em e sobre Ciência. Considera-se oportuno continuar a recolha/análise dos dados para um cruzamento mais complexo das fontes, e para aprofundar como a presença de uma outra língua pode enriquecer a cultura científica.

The goal of an STS-oriented Science curriculum is to develop students’ scientific literacy that makes them fully engaged participants in the responsible discussion of socio-scientific issues. Participation fundamentally requires the ability to communicate about and by means of Science, as well as the use of other languages in international discussions. This work – framed in a socio-constructivist perspective of both foreign Language and Science learning – aims to understand, within a school project of 7th, 8th and 9th grades, the intersection between the construction of Science concepts and contexts with its “language(s)” and the practice of English in the same class, through an approach that confers more importance to Language (CLIL), in general and that of Science, in particular. This descriptive-explanatory case study involves four classes, two Natural Science teachers and one English teacher. Data has been collected through (teacher) interviews, a (student) questionnaire and observation. Student’s answers to questions related to Science, English and their combination will be shown and integrated with preliminary information resulting from observations, aimed at characterizing the context. Content analysis has been used for interpreting open-ended answers while statistical analysis was employed on the close-ended ones. There is evidence that this approach fosters communication and awareness of and about Science. Data collection/analysis should be continued for a more complex source correlation, and to enhance the understanding on how the presence of another language may enrich the scientific culture.

In un orientamento STS del curricolo di Scienze é auspicabile che si lavori allo sviluppo della literacy scientifica degli alunni, affinché questi diventino soggetti impegnati nella partecipazione alla discussione responsabile di questioni socio-scientifiche. Per partecipare, è fondamentale che si sappia comunicare di e tramite le Scienze, e utilizzare altre lingue per discutere a livello globale. Questo lavoro – basato su una prospettiva socio-costruttivista dell’apprendimento delle Lingue straniere e delle Scienze – ha come obiettivo comprendere, nell’ambito di un progetto scolastico nella Scuola Secondaria di I grado, l’intersezione tra la costruzione di concetti e contesti delle Scienze con la/le sua/sue “lingua/lingue” e la pratica dell’Inglese nella stessa aula, mediante un approccio che conferisce più importanza alla Lingua (CLIL), in generale e delle Scienze. Si tratta di uno studio di caso descrittivo-interpretativo che coinvolge quattro classi, due insegnanti di Scienze naturali e una di Inglese. I dati sono stati raccolti attraverso interviste (insegnanti), questionario (studenti) e osservazioni. Saranno presentate le risposte degli alunni alle domande legate alle Scienze, all’Inglese e alla loro articolazione, e integrate con le informazioni preliminari, risultanti dall’osservazione, finalizzata a caratterizzare il contesto. È stata utilizzata l’analisi del contenuto per l’interpretazione delle risposte aperte e l’analisi statistica per quelle chiuse. Sussistono alcune evidenze che questo approccio favorisce la comunicazione e la consapevolezza riguardo la Scienza. È opportuno continuare a raccogliere/analizzare i dati per un incrocio delle fonti più complesso, e per approfondire come la presenza di un’altra lingua possa arricchire la cultura scientifica.
URI: http://hdl.handle.net/10773/17537
ISSN: 1647-3582
publisher version/DOI: http://revistas.ua.pt/index.php/ID/article/view/3981
source: Indagatio Didactica
appears in collectionsCiDTFF - Artigos

files in this item

file description sizeformat
valentinaetal_2016.pdfArtigo437.89 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2