DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Teses de doutoramento >
 Leitura multiperspetival do impressionismo: um estudo de modelos mistos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/17035

title: Leitura multiperspetival do impressionismo: um estudo de modelos mistos
authors: Torres, Isabel Maria Vieira da Rocha
advisors: Moreira, António
keywords: Multimédia em educação
Impressionismo
Análise qualitativa
Tecnologia da educação
Tomada de consciência
Complexidade (Filosofia)
issue date: 2015
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O estudo de modelos mistos que apresentamos, radicado na problemática da compartimentação do conhecimento, centra-se na flexibilização da aprendizagem com vista à aquisição de conceitos complexos relativos à linguagem estética impressionista na pintura. Neste âmbito, duas vertentes são abordadas: as interdependências entre os temas de complexidade conceptual definidores deste domínio do conhecimento, e as interações e retroações entre a linguagem estética impressionista na pintura e domínios estéticos análogos na literatura e na música de traços impressionistas. Para o mapeamento desta paisagem conceptual foram construídos dois ambientes digitais multimédia, fundados no pendor pedagógico e didático dos pressupostos subjacentes aos hipertextos da Teoria da Flexibilidade Cognitiva: as bases de informação/estudo unidisciplinar e multidisciplinar. Visamos fornecer aos sujeitos da aprendizagem quadros globais de inteligibilidade, sistemas de enquadramento e referência que lhes permitam situar e integrar a multiplicidade de informações, numa aprendizagem promotora do pensamento crítico, da análise e síntese da informação, bem como da capacidade para resolver problemas de forma criativa e flexível. Os procedimentos adotados no estudo preliminar, no estudo piloto e no estudo de modelos mistos são amplamente descritos, bem como a análise detalhada dos dados múltiplos recolhidos através do Pré e do Pós-teste, dos Diários, das Atividades, dos Percursos de Navegação e das Entrevistas. O tratamento dos dados de índole qualitativa realizou-se por recurso à análise de conteúdo e focou-se no diálogo dos sujeitos com as aplicações informáticas, na relação que estabeleceram com a ecologia conceptual do tópico de aprendizagem, na perceção que detiveram da sua construção do conhecimento, no evoluir da sua motivação e na autonomia/ritmo de aprendizagem que revelaram. Por sua vez, os dados de cariz quantitativo, analisados por recurso aos testes t de Student, ANOVA e ANCOVA, mediram a performance dos sujeitos ao nível da aquisição de conhecimento declarativo e processual, e ao nível da transferência próxima e remota do conhecimento, sendo que nas vertentes referidas as aplicações informáticas se revelaram potenciadoras da aprendizagem verificando-se, por exemplo, que do Pré para o Pós-teste as diferenças nas médias obtidas pelos sujeitos se apresentam estatisticamente significativas. A triangulação dos resultados corroborou a congruência das conclusões. vi

The mixed models approach here presented, rooted on the issues of knowledge compartmentalisation, is centred on rendering learning flexible in view to the acquisition of complex concepts pertaining to the aesthetics of impressionist language in painting. In this realm, two perspectives are approached: the interdependences between themes of conceptual complexity that define this knowledge domain, and the interactions and retroactions between the aesthetics of impressionist language in painting and in analogue aesthetic domains like literature and music of impressionistic traits. For the mapping of this conceptual landscape, two digital multimedia environments were created, grounded on the pedagogical and didactic character of the presuppositions that underlie Cognitive Flexibility Theory hypertexts: the uni and multidisciplinary basis of information/study. We aimed at offering the subjects global frameworks of intelligibility, contextualising systems and references that would allow them to situate and integrate the multiplicity of information into a learning that promoted critical thinking, analysis and synthesis of information, as well as the capacity to solve problems in a creative and flexible way. Procedures adopted in the preliminary study, in the pilot study and in the mixed models study are widely described, as well as a detailed analysis of the multiple data gathered from the Pre and Post-test, the Diaries, the Activities, the Navigation Paths and the Interviews. Data treatment of a qualitative nature was conducted resorting to content analysis and focused on the dialogue of the subjects with the computer applications, on the relationship they established with the conceptual ecology of the learning topic, on the perception they obtained from their construction of knowledge, on the evolution of their motivation and on the autonomy/rhythm of learning they revealed. On the other hand, quantitative data, analysed resorting to models like Student’s t distribution, ANOVA and ANCOVA, measured the subjects’ performance at the level of acquisition of declarative and procedural knowledge, and at the level of near and remote transfer of knowledge, it so being that in the aforementioned perspectives, the computer applications revealed themselves as potentiating of learning we verified, for instance, that from Pre to Post-test the differences between the means obtained by the subjects are statistically significant. The triangulation of results corroborating the congruence of the conclusions. vii
description: Doutoramento em Multimédia em Educação
URI: http://hdl.handle.net/10773/17035
appears in collectionsUA - Teses de doutoramento
DE - Teses de doutoramento

files in this item

file description sizeformat
TESE.pdf10.99 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2