DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial > DEGEI - Dissertações de mestrado >
 Responsabilidade social : da literatura à prática
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1702

title: Responsabilidade social : da literatura à prática
authors: Mendes, Rita Joana Martins
advisors: Rosa, Maria João Machado Pires da
keywords: Gestão de empresas
Teoria de gestão
Responsabilidade social das empresas
Ética empresarial
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O presente trabalho pretende não só sensibilizar as pessoas e empresas para as práticas de Responsabilidade Social, como também servir de guia para a implementação de um Sistema de Gestão da Responsabilidade Social. Inicialmente é feita uma breve revisão bibliográfica, onde se apresenta o conceito de Responsabilidade Social e a sua evolução, bem como as principais motivações, vantagens e obstáculos da implementação de um Sistema de Gestão de Responsabilidade Social (SGRS). Apresentam-se, igualmente, alguns dos passos a seguir para se conseguir a implementação deste sistema de gestão. Seguidamente apresenta-se o estudo de caso realizado no grupo A Silva Matos (ASM), onde se descrevem de forma concreta os passos seguidos para implementação do Sistema de Gestão da Responsabilidade Social que se encontra em curso. Para alicerçar este estudo de caso, foi distribuído um questionário pelos colaboradores deste grupo empresarial, onde estes puderam transmitir, para análise, os seus conhecimentos gerais sobre o conceito de Responsabilidade Social e sobre a implementação do Sistema de Gestão da Responsabilidade Social que se encontrava a decorrer. Apesar da implementação do SGRS ter sido uma decisão recente no grupo ASM, este já vem a desenvolver voluntariamente várias práticas de RS ao longo dos anos. Com a evolução que o grupo teve nos últimos anos, e com o seu SGQAS consolidado, verificou-se a necessidade de implementar o SGRS, de modo a “dar vida” às práticas socialmente responsáveis existentes. Contudo, a falta de tempo tem “travado” um pouco o avanço desta implementação, pelo que muitos colaboradores, principalmente os colaboradores fabris, ainda não possuem muito conhecimento acerca da implementação deste sistema de gestão. Apesar de tudo, os colaboradores parecem conhecer o conceito de RS, distinguem quais as práticas que se intitulam como práticas de RS e referem quais as vantagens e obstáculos encontrados na implementação do SGRS. A empresa A Silva Matos, Serviços de Gestão Empresarial S.A., por ser a empresa promotora desta implementação, é também aquela cujos colaboradores possuem um melhor conhecimento acerca do SGRS e que mais estão em desacordo com a certificação do SGRS (o mesmo se constata com os Administradores/Directores Gerais). As empresas ASMM e CIT, em consonância com os restantes níveis hierárquicos, consideram ser favorável a certificação deste sistema de gestão. ABSTRACT: The present project intends to sensitize people and companies for Social Responsibility practices, as well as to serve as a guideline for the implementation of Management Systems of Social Responsibility. In the first part, the report presents a brief bibliographic revision of the main topics covered in the project, namely the concept of Social Responsibility and its evolution and the main motivations, advantages and obstacles to the implementation of a Management System of Social Responsibility. Guidelines for the implementation of such a management system are also discussed. The second part of the report is devoted to the presentation of the study case conducted in the company A Silva Matos (ASM). The implementation of the Management System of Social Responsibility is described. Additionally, the results of a questionnaire to the company collaborators are discussed. Collaborators were asked about their perceptions regarding the implementation of the Management System of Social Responsibility, as well as about their ideas on Social Responsibility and Social Responsible practices. Although the implementation of the Management System of Social Responsibility was a recent decision, the ASM company practiced already, voluntarily and for some years now, activities that can accurately be designated as Social Responsible. Recently, and due to the certification of its Management System of Quality, Environment and Security, the Administration felt the need to implement a Management System of Social Responsibility. But some difficulties, namely the time available for it, have turned this implementation a slow process; therefore, collaborators, specially manufacturing workers, do not have a clear knowledge about the implementation process. Nevertheless, they were able to describe a set of Social Responsible practices performed by and on the company, being also capable of identifying the main difficulties and advantages of the implementation process. The company A Silva Matos, Serviços de Gestão Empresarial S.A. is the responsible for the implementation of the Management System of Social Responsibility, so its collaborators are the ones that know better the whole process and also the ones that are more against its certification, together with the Group Administration. On the contrary, the ASMM and CIT companies are the ones that agree more with the certification.
description: Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial
URI: http://hdl.handle.net/10773/1702
appears in collectionsDEGEI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000052.pdf741.08 kBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2