DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Supervisão e desenvolvimento de competências na relação de ajuda em enfermagem
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1427

title: Supervisão e desenvolvimento de competências na relação de ajuda em enfermagem
authors: Ferreira, Maria José da Cunha
advisors: Pereira, Anabela Maria de Sousa
Silva, Daniel Marques da
keywords: Supervisão
Supervisão
Enfermagem
Desenvolvimento das competências
issue date: 2006
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O relacionamento estabelecido entre o enfermeiro e o utente é uma variável que interfere no seu bem-estar e nos resultados da sua recuperação. Neste contexto a supervisão clínica das competências relacionais do enfermeiro surge como um garante da melhoria dos cuidados prestados. Consideramos como objectivo primordial deste estudo compreender a valorização que os enfermeiros atribuem à supervisão clínica das competências relacionais aquando o desenvolvimento de relação de ajuda em enfermagem. É um estudo de natureza correlacional em que a abordagem metodológica utilizada é essencialmente quantitativa. Foi aplicado um questionário a 187 enfermeiros que frequentavam o Curso de Complemento de Formação em Enfermagem em quatro Escolas Superiores de Enfermagem de diferentes zonas do País, sendo a maioria da amostra formada por enfermeiros do género feminino. O questionário utilizado incluía uma escala na área da relação de ajuda que foi a primeira vez utilizada na população portuguesa. Os resultados obtidos permitem concluir que são os enfermeiros que exercem a sua actividade na área dos cuidados de saúde primários que desenvolvem mais frequentemente a relação de ajuda, comparativamente com os enfermeiros que desempenham a sua actividade nos cuidados diferenciados. Também são os mesmos enfermeiros que parecem valorizar mais a supervisão clínica. Verificamos também que as características que os enfermeiros mais desejam ver no seu supervisor são a Empatia, a Imparcialidade e a Justiça. A aposta na implementação de programas de formação, a nível da formação inicial como contínua, acerca da relação de ajuda e das competências relacionais foi por nós considerada premente. Assim como na área da supervisão clínica, uma vez que alguns profissionais não reconhecerem esta ferramenta como essencial nos processos formativos dos profissionais e outros tentam desenvolve-la sem no entanto possuírem formação adequada para tal. Neste sentido é apresentado uma proposta de modelo conceptual de supervisão das competências relacionais. Consideramos também que os resultados de um maior número de estudos nesta temática vem contribuir para uma melhor compreensão da supervisão e reforçar o seu contributo na melhoria dos cuidados a prestar ao cidadão. ABSTRACT: The relationship established between the nurse and the patient is a variable which plays a role in the patient’s well being and recuperation results. Within this context, the nurse’s clinical supervision of their interrelationship ability arises as a guarantee of better care. We consider as a prime objective of this study the importance that nurses attribute to clinical supervision of their ability to relate in the development of the aid relationship in nursing.This is a correlational study in which the methodological approach used is essentially quantitative. A survey was taken; 187 nurses attending the Degree of Additional Training in Nursing in four schools of Higher Learning in Nursing from different parts of the country were questioned. The majority of the people sampled were female. The survey used included a scale in the area of aid relationship which was used on the Portuguese population for the first time. The results obtained allow for the conclusion that nurses who work in primary health care more often develop aid relationship skills in comparison with those who work in other kinds of care. Those same nurses seem to value clinical supervision more. We also verified that the characteristics nurses most value to see in their superiors were: empathy, impartiality and fairness. The need for the implementation of training programs at an initial and on-going level in what concerns aid relationship and the ability to relate is pressing, along with clinical supervision, given the fact that some professionals did not recognise this tool as being essential in the educational training of professionals, while others try to develop it without having adequate training. In this sense a proposal is presented for a conceptual method of the supervision of the ability to relate is presented at the end of the work. We also consider that the results of a larger number of studies in the field will contribute to a better understanding of supervision, and reinforce its contribution to the improvement of care given to citizens.
description: Mestrado em Supervisão
URI: http://hdl.handle.net/10773/1427
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001052.pdf1.01 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2