DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Desenvolvimento profissional docente nos espaços e tempos do trabalho colaborativo : do isolamento profissional aos diálogos possíveis no projeto Línguas & Educação
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1411

title: Desenvolvimento profissional docente nos espaços e tempos do trabalho colaborativo : do isolamento profissional aos diálogos possíveis no projeto Línguas & Educação
authors: Silva, Luciana Mesquita da
advisors: Andrade, Ana Isabel de Oliveira
keywords: Formação de professores
Cooperação em educação
Ensino de línguas
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Interação, relação, abertura, partilha. Se estas palavras são correntes no discurso educativo atual, importa deslindar os significados que são construídos na prática de experiências que se propõem colaborativas. Procurando compreender em que medida a manifestação concreta destas palavras relaciona-se com o desenvolvimento profissional daqueles que as utilizam, este estudo procura atingir basicamente três objetivos: a) compreender como se organiza um grupo de trabalho baseado na atuação colaborativa de diferentes atores educativos (professores, formadores e investigadores), observando, de forma especial, os papéis assumidos por professores no seu âmbito; b) identificar, nesta organização, potencialidades de desenvolvimento profissional para os seus membros; c) captar momentos de estabilidade e instabilidade de concepções individuais acerca do trabalho colaborativo e do ensino de língua portuguesa, domínio temático do grupo estudado. A partir do enquadramento teórico construído, o desenvolvimento profissional docente é compreendido como um processo marcado por transições ecológicas (utilizando o conceito de Bronfenbrenner) que, por sua vez, estabelecem estreita ligação com a (des/re)construção de concepções sobre o trabalho de sala de aula e/ou modelos de ensino. Assumindo, como contexto, um dos grupos de trabalho constituídos no âmbito do projeto Línguas & Educação: construir e partilhar a formação (PTDC/CED 68813/2006), este estudo considerou como dados os documentos produzidos pelo grupo e registros da investigadora enquanto participante do mesmo. Com o foco em dois percursos individuais traçados neste grupo, foram realizadas entrevistas a duas professoras e analisados os seus documentos de reflexão sobre o trabalho desenvolvido com os colegas. A leitura dos dados demonstra um grupo de trabalho cuja organização formal em torno de papéis e atividades oriundos do modelo creditado de formação assistiu a uma organização paralela, informal, em que se registra mais claramente um clima de abertura entre os seus membros. No que diz respeito às concepções individuais analisadas em diferentes momentos das atividades colaborativas desenvolvidas no ano acadêmico de 2008/2009, notou-se mais uma tendência a estabilidades que a transformações, o que leva a questionar se a amplitude temporal da investigação tenha sido suficiente para perceber reais mudanças neste nível. ABSTRACT: Interaction, relationship, openness, sharing. If these words are used nowadays in education, we should know their meanings in practical collaborative experiences. Trying to understand in what measure these words are related with the professional development process of those who use them, this study addresses three main objectives: a) to understand how a working group is organized based on collaborative approach of different educative actors (teachers, educators and researchers), especially in what concerns the roles assumed by teachers; b) to identify in this group the potential factors of professional development for its members; c) to capture moments of stability and instability of individual conceptions about collaborative work and Portuguese language teaching. From the built theoretical framework, a teacher's professional development is understood as a process marked by ecological transitions, which in turn, establish a strong bond with (de/re)construction of conceptions on the work performed in the classroom and/or teaching models. Assuming as context, one of the workgroups constituted in the framework of the project Languages and Education: constructing and sharing professional knowledge (PTDC/CED 68813/2006), this study has considered as data the documents produced by the workgroup and the personal records of the researcher as herself part of this workgroup. Focused on two different individual paths in this group, two teachers were interviewed and their documents on the developed work with partners analyzed. The collected data demonstrates a workgroup whose formal organization around papers and activities from the credited formation model, shows a parallel informal organization, in which a more open discussion environment is clearly recorded. In what concerns the individual conceptions, analyzed in the different moments of the developed collaborative activities in the academic year of 2008/2009, a tendency towards stability rather than transformation has been noted, which leads to question if the temporal amplitude of the research has been wide enough to realize any real change at this level.
description: Mestrado em Supervisão
URI: http://hdl.handle.net/10773/1411
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000389.pdf2.21 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2