DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Interdisciplinaridade na área curricular ciências físicas e naturais
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1387

title: Interdisciplinaridade na área curricular ciências físicas e naturais
authors: Marques, Cristina Maria Mendes Marques
advisors: Costa, Nilza Maria Vilhena Nunes da
keywords: Ensino das ciências
Interdisciplinaridade
Actividades de aprendizagem
Manuais escolares
Ensino básico 3º ciclo
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Com a implementação do Processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico em Portugal, aprovado pelo Decreto-Lei nº6/2001 de 18 de Janeiro, foi criada uma nova área curricular disciplinar - Ciências Físicas e Naturais - que integra, para o 3º ciclo do Ensino Básico, as disciplinas de Ciências Naturais e de Ciências Físico-Químicas. Esta inovação curricular, também concretizada no documento normativo “Orientações Curriculares para as Ciências Físicas e Naturais”, assenta numa perspectiva interdisciplinar, tendo como uma das suas vertentes integradoras a articulação dos temas didácticos propostos e, como uma das suas finalidades, promover, nos alunos, um conhecimento global, não compartimentado, da ciência. Para tal o mesmo documento normativo apela ao trabalho colaborativo entre docentes de Ciências Naturais e de Ciências Físico-Químicas. O sucesso da implementação da inovação curricular acima referida implica, certamente, significativas alterações nas práticas lectivas e nos recursos didácticos usados. Sendo o Manual Escolar um recurso didáctico que, segundo diversos estudos, funciona como primeira fonte dos professores para o planeamento das suas aulas, pareceu-nos relevante elegê-lo como objecto do nosso estudo. Assim, analisou-se, num primeiro momento, em que medida nove (9) Manuais Escolares de Física e nove (9) de Ciências Naturais contemplavam articulações interdisciplinares entre as duas componentes e apresentavam sugestões de estratégias e actividades para a sua concretização. Neste momento do estudo utilizaram-se grelhas de análise construídas para esse fim. Num segundo momento, distinto mas interligado com o primeiro, pretendeu-se elaborar propostas evidenciadoras de articulações a incluir em Manuais Escolares e nas práticas dos professores. Este momento decorreu em colaboração com uma Colega de Ciências Naturais da Escola da autora do estudo. Os resultados obtidos no primeiro momento do estudo mostram uma presença muito reduzida de articulações interdisciplinares nos Manuais Escolares, destinados aos Professores, analisados, embora privilegiem, por vezes, actividades valorizadas nas Orientações Curriculares (pesquisa, investigação, debate, projectos). A concretização do segundo momento do estudo, evidenciou que a colaboração estabelecida entre a autora e a Colega de Ciências Naturais constituiu uma estratégia fundamental para a elaboração de propostas de articulações interdisciplinares entre a componente da Física e de Ciências Naturais. Apesar das limitações do estudo (por exemplo ao nível do número de Manuais analisados) espera-se que ele integre contribuições para o desenvolvimento de conhecimento didáctico sobre a interdisciplinaridade entre as áreas da Física e das Ciências Naturais no âmbito do currículo das Ciências Físicas e Naturais do 3º ciclo do Ensino Básico. ABSTRACT: With the Reorganization of the Junior School Curriculum (from 7th to 9th grades) in Portugal, implemented through the Decree Law nº6/2001, of January 18th, a new curricular area has been created – Physics and Natural Sciences – which is now an integrating part of the curriculum including the subjects of Natural Sciences and Physics and Chemistry. This curricular innovation, also carried out through the normative document “Curricular Guidelines for Physics and the Natural Sciences”, is based upon an interdisciplinary perspective, presenting an articulation of the syllabuses contents, with the purpose of promoting in the students a global knowledge of science, as opposed to a separated an disciplinary knowledge. In order to achieve this global knowledge, the same normative document appeals to collaborative work between teachers of Natural Sciences and Physics and Chemistry. The success of the implementation of the curricular innovation referred to above depends on significant changes in educational practices as well as on the use of didactic resources. Considering the textbook as one of those resources which, according to several studies, is the teacher’s primary source of lesson planning, it seemed relevant to choose it as the object of our work. Therefore, firstly one analyzed in what measure nine (9) Physics and nine (9) Natural Sciences textbooks contemplated interdisciplinary articulation between the two components as well as presented suggestions of strategies and activities for its practice. At this stage of the study grid analysis worksheets were specifically elaborated and used to achieve this aiml. At a second stage, distinct but interconnected with the first, the aim was to provide suggestions of interdisciplinary articulations to be included in school textbooks and in teachers’ practices, particularly in the subject of Physics. This work was carried out in collaboration with a Colleague of Natural Sciences who is a teacher at the same School as the author of the study. The results of the first stage of the study showed a reduced occurrence of interdisciplinary articulation in the analyzed textbooks, although they occasionally privilege activities valued by the “Curricula Guidelines” (research work, investigation, debate, projects). The second stage of the study allowed us to conclude that the collaboration between its author and the Colleague of Natural Sciences was a fundamental strategy to the success of the elaboration of examples of subject articulations between the components of Physics and Natural Sciences. Although the limitations of this study (for example the number of textbooks analyzed) it presents contributions to the development of didactic knowledge about interdisciplinary, namely between curricular contents of Physics and Natural Sciences in Junior School.
description: Mestrado em Ensino de Física e Química
URI: http://hdl.handle.net/10773/1387
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
FIS - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001224.pdf3.26 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2