DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 O perfil comunicativo de crianças brasileiras na escola em Cabo Verde
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1355

title: O perfil comunicativo de crianças brasileiras na escola em Cabo Verde
authors: Delgado, Lígia Rêgo da Silva
advisors: Sousa, Maria Fernanda Botelho de
Ançã, Maria Helena Serra Ferreira
keywords: Ensino de línguas
Ensino básico
Língua portuguesa
Interacção social
Psicolinguística
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Sabe-se que existem cerca de 130 cidadãos brasileiros residindo actualmente em Cabo Verde. Integram esse total, empresários, responsáveis de missões religiosas, funcionários de embaixada e de organizações internacionais, com permanência temporária no país, além de cidadãos, na maioria do sexo feminino, que fixaram residência no Arquipélago, por razões matrimoniais. As famílias constituídas por pai cabo-verdiano e mãe brasileira (ou vice-versa) têm filhos, muitos deles nascidos no Brasil e com fortes laços à cultura de um dos progenitores, inclusive, falam o português americano (brasileiro). Algumas dessas crianças viajam sempre ao Brasil, o que reforça o sotaque brasileiro no falar delas. Este estudo é uma investigação, versando sobre a adaptação escolar e sócio-lingüística de duas crianças brasileiras, um menino e uma menina, com idades compreendidas entre os 9 e os 12 anos e que frequentam o segundo ciclo do Ensino Básico em duas escolas; uma privada e outra pública, localizadas em dois bairros da capital e que convivem em ambiente reconhecidamente diglóssico em Cabo Verde, o que significa referir a obrigatoriedade do uso do português europeu como língua oficial (L2), concomitantemente ao uso do crioulo cabo-verdiano como língua materna (L1). Recorde-se que o idioma das crianças brasileiras é a variante americana (brasileira) do português. Uma vez que o português europeu é o idioma da instrução, ou seja, aquele em que se ministra o saber, tal realidade produz malefícios principalmente de ordem psicolingüística, nos indivíduos, além dos de natureza cultural e identitária. Refira-se que esta investigação permitiu chegar a algumas conclusões que apontam, primeiramente, para o bom desempenho dos alunos-alvo no concernente à performance escolar, apesar de não possuirem perfeito domínio do crioulo, tendo sido observado que têm bom nível de competência sócio-comunicativa. Mencione-se o estabelecimento de inferências baseadas na representação dos alunos-alvo, na dos pais e professores desses alunos em relação às línguas (e variantes) em presença. As opiniões paternas são favoráveis a que os filhos venham a aprender o crioulo na escola, ou seja, pela via institucional; enquanto que as mães discordam, considerando importante que os filhos sigam aprofundando os conhecimentos deles em LP. Os alunos-alvo mostraram interesse em aprender o crioulo na escola, especialmente o menino. E, finalmente, este estudo possibilitou confirmar, mais uma vez, o que defendem especialistas de dentro e fora do Arquipélago, no concernente à urgente implementação das acções conducentes à oficialização da LCV, em paridade com a LP. ABSTRACT: Nearly 130 Brazilian citizens are known to live in Cape Verde these days. This number is made up of entrepreneurs, religious mission managers, embassy officials and international organizations’ employees, with temporary permanence in the country, in addition to citizens, mostly female, who have set up residence in the Cape Verde Islands for matrimonial reasons. The families that are formed by a Cape Verde father and a Brazilian mother (or the reverse) have children, many of whom were born in Brazil and have strong ties with the culture of one of their parents, even to the point of speaking American Portuguese (the Brazilian Portuguese).Some of these children frequently travel to Brazil, which makes their Brazilian accent stronger. This paper is a research on the school and socio-linguistic adaptation of two Brazilian children, a boy and a girl, from 9 to 12 years old, who attend the second part of Basic School at two schools – a private one and a public one – located in two different neighborhoods of the capital, and who live in an environment recognized as diglossic in Cape Verde, which refers to the obligatory use of European Portuguese as the official language (L2), along with the Cape Verde creole as the mother language (L1). We must bear in mind that the Brazilian children’s mother tongue is the American variant (Brazilian) of Portuguese. Since European Portuguese is their idiom of education, i.e. that in which lessons are taught, that reality brings about harmful results to the individuals, mainly of psycholinguistic nature, as well as those of cultural and identity nature. It should be pointed out that this research has allowed for given conclusions to be reached. The first one refers to the target-students’ high school performance, although they do not have full creole fluency, but it has been observed that they have a good sociocommunicative competence. The establishment of inference based on the inperson representation of the target-students, their parents and teachers, with regard to the languages (and variants) should also be mentioned. The fathers are of the opinion that the children should learn creole at school, i.e. by institutional means. The mothers disagree, considering important for their children to continue to improve their knowledge of the Portuguese Language (LP). The target-students have demonstrated interest in learning creole at school, especially the boy. And finally, this research has made it possible to confirm, once more, what specialists in the Islands and outside Cape Verde have argued for - the urgent need for implementation of actions that are conducive to the officialization of the LCV, on a par with the LP.
description: Mestrado em Didáctica de Línguas
URI: http://hdl.handle.net/10773/1355
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009000354.pdf1.08 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2