DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Ambientes de ensino não formal de ciências - impacte nas práticas de professores do 1º CEB
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1278

title: Ambientes de ensino não formal de ciências - impacte nas práticas de professores do 1º CEB
authors: Rodrigues, Ana Alexandra Valente
advisors: Martins, Maria Isabel Tavares Pinheiro
issue date: 2005
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Face à importância crescente que se atribui às actividades de ensino não formal na educação em ciências, às lacunas que existem na formação inicial e continuada de professores e ao papel fundamental das instituições formadoras de professores na mudanças desta realidade, concebeu-se o presente estudo de cariz exploratório. Assim, foi nossa intenção averiguar o valor educativo/formativo de actividades de ciências especialmente concebidas para serem desenvolvidas em ambientes de ensino não-formal para alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB). Para isso desenvolveu-se um conjunto de recursos didácticos com orientação CTS sobre a temática “Materiais, objectos e suas propriedades”. Estes recursos foram explorados pela investigadora em sessões para alunos do 1º CEB acompanhados da respectiva professora. No total realizaram-se cinco sessões que envolveram 100 alunos e as 5 professoras titulares das turmas. As sessões tiveram todas a mesma orientação, salvaguardando-se a especificidade própria de cada turma a qual mereceu atenção particular. Todas as sessões foram videogravadas para posterior análise. Com o objectivo de compreender qual o valor educativo/formativo que as professoras atribuíram à sessão, não só para as crianças mas também para a sua formação pessoal e profissional, realizou-se uma entrevista clínica semiestruturada a cada professora. As entrevistas foram integralmente áudiogravadas, transcritas e sujeitas a análise de conteúdo. A análise dos dados recolhidos nas sessões de trabalho e nas entrevistas permite concluir que as actividades desenvolvidas foram um momento muito importante na formação profissional das professoras, pois contactaram com estratégias de exploração de recursos didácticos inovadores, e tiveram oportunidade de reconhecer o impacte da exploração com os alunos, nomeadamente quanto ao interesse, curiosidade, motivação, entusiasmo e empenho que provocaram, bem como as perguntas despoletadas. A nível pessoal destacaram a oportunidade de desconstrução de algumas concepções alternativas que possuiam sobre a temática. O estudo sugere ainda que as instituições formadoras de professores poderão utilizar a via aqui desenvolvida para validar recursos didáticos produzidos, por exemplo em projectos de investigação, e promover a formação continuada “não formal” de professores em Didáctica das Ciências. ABSTRACT: The current exploratory study was designed taking into account the growing importance conveyed to non-formal teaching activities in science education, the existing gaps between initial and in-service teacher education, and the key role of teacher training institutions in changing these situations. Thus, it was our intent to assess the formative/educational value of activities in sciences, specially conceived for non-formal teaching environments with primary school pupils. Therefore, a set of didactical resources was created, according to STS approach, under the theme “Materials, objects and its properties”. These resources were explored by the researcher in sessions with the pupils and their teacher. In the whole, 5 sessions were held and videotaped for further analysis, involving 100 students and their 5 teachers, accounting for the specificities of each class. Each teacher was interviewed, in order to understand the formative/educational value they attributed to the session, not only for the children, but also for their own personal and professional training. The semistructured clinic interviews were fully audiotaped and transcribed, and subjected to a contents analysis. The data analysis evidences that the activities developed were a highly important moment in the teachers’ professional training, since they dealt with strategies to explore innovative didactical resources. They had also the opportunity to recognize the result of this exploration with their pupils, namely in the interest, curiosity, motivation, enthusiasm, commitment, and questions they arouse. At a personal level the teachers highlighted the opportunity to deconstruct some of their previous alternative conceptions on the theme. The study further suggests that the teacher training institutions may use this path to validate didactical resources, for instance conceived in research projects, as well as to promote a “non-formal” continuous teacher education in Didactics of Sciences.
URI: http://hdl.handle.net/10773/1278
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2005001754.pdf1.99 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2