DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Química > DQ - Dissertações de mestrado >
 Modelação e medição de difusividades em fluidos supercríticos
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/11460

title: Modelação e medição de difusividades em fluidos supercríticos
authors: Gonçalves, Ricardo Manuel Grade
advisors: Silva, Carlos Manuel
Freitas, Francisco Avelino
keywords: Engenharia química
Difusão
Dióxido de carbono
Fluidos supercríticos
issue date: 2013
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Neste trabalho procedeu-se à medição de difusividades, em dióxido de carbono supercrítico, recorrendo a um método cromatográfico, bem como uma posterior modelação dos dados obtidos e sua comparação com modelos da literatura. Na parte experimental recorreu-se ao método da resposta do impulso cromatográfico (CIR), onde se recorre à utilização de uma coluna capilar aberta com revestimento interno de polímero, sendo neste caso o polietileno glicol. As medições foram efetuadas a diferentes temperaturas e à pressão de 197 bar. Foi usada a técnica do ajuste de curva para a determinação dos coeficientes de difusão às condições definidas, o erro associado entre a fase móvel e a fase estacionária. Na modelação efetuou-se o tratamento dos dados obtidos experimentalmente e a sua comparação com os valores de difusividades conseguidos através de vários modelos existentes na literatura, entre eles as equações de Tyn-Calus, de Reddy-Doraiswamy, de Lusis-Ratcliff, de Dymond-Hildebrand-Batschinski e uma correlação baseada no número de Schmidt. Desenvolveu-se também uma nova equação hidrodinâmica, a partir duma modificação da equação de Lusis-Ratcliff. Esta quando aplicada a uma extensa base de dados com 161 solutos em dióxido de carbono supercrítico (4393 pontos), permite reduzir o desvio relativo absoluto médio (AARD) de 27.22% para próximo de 9.97% no caso sem n-alcanos e 6.42% para nalcanos. Por último, introduziu-se uma modificação no cálculo do modelo assente nos números de Schmidt, permitindo reduzir o erro de 8.54% para apenas 4.20%.

In this work, the measurement of diffusion coefficients in supercritical carbon dioxide and their modelling by different approaches were accomplished. In the experimental part, the chromatographic impulse response method (CIR) was employed, using a capillary column with an internal coating of poliethylene glycol. The measurements were carried out at various temperatures and constant pressure (197 bar). The curve fitting method was applied for the determination of the diffusivity values. In the modeling part, the experimental diffusion coefficients were compared with those computed by various models from the literature: the hydrodynamic equations of Tyn-Calus, Reddy-Doraiswamy, and Lusis-Ratcliff; the freevolume equation of Dymond-Hildebrand-Batschinski; and one correlation based on the Schmidt number. A new hydrodynamic equation was also developed based on the Lusis-Ratcliff model. It was tested with an extensive database containing 161 systems and 4393 datapoints, and gave rise to relative deviations (AARD) of 9.97% for all solutes except n-alkanes, and 6.42% for n-alkanes. The original model provided 27.22% of error. Finally, the modified correlation based on the Schmidt number reduced the global error by half (from 8.54% to 4.20%).
description: Mestrado em Engenharia Química
URI: http://hdl.handle.net/10773/11460
appears in collectionsDQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
7906.pdf1.48 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2