DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Relação escola-família nas actividades de enriquecimento curricular
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1093

title: Relação escola-família nas actividades de enriquecimento curricular
authors: Cardoso, Cláudia Dias
advisors: Gonçalves, Maria Manuela Bento
keywords: Ciências da educação
Educação das crianças
Desenvolvimento das crianças
Relações escola-família
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: Embora seja consensual a ideia de que a relação escola-família é essencial para a formação dos alunos, na prática, nem sempre existe, o que é ainda mais visível nas Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC). Com efeito, estas actividades são desconhecidas para a maioria dos familiares e a relação entre estes e os docentes das AEC muito ténue ou inexistente. Com este projecto pretendia-se melhorar a qualidade e a intensidade da relação escola-família no âmbito das AEC, procurando envolver as famílias de um grupo de alunos da Escola Básica do 1.º Ciclo B na vida e cultura escolar. Assim, recorreu-se à Investigação-Acção Participativa pois este método, para além de envolver todos os participantes no processo, impõe uma reflexão e intervenção continuada, fomentando a existência de mudanças no processo sempre que é pertinente. As técnicas utilizadas foram sobretudo de natureza qualitativa - observações, entrevistas semi-estruturadas e conversas informais, tendo-se também recorrido à aplicação de um inquérito por questionário. Graças a este projecto podemos afirmar que as crianças sentem necessidade da presença dos familiares e, quando tal acontece, sentem-se mais seguras, apoiadas e empenham-se mais. Este trabalho permitiu que a relação escola-família nas AEC fosse estimulada, desenvolvendo-se uma relação mais cooperante e cúmplice entre estes docentes e as famílias. ABSTRACT: Despite being consensual the idea that the school-family relation is crucial to the students’ education, in practical terms this does not always exist, which is even more visible in the Extra Curricular Activities (ECA). These activities are unknown to the majority of the students’ family members and their relationship with ECA teachers is very faint or even inexistent. With this project it was intended to improve the quality and intensity of the school-family relation within ECA scope, trying to get the families of a group of students at Primary School B involved in the school life and culture. In order to do it the participative Investigation-Action method was used because it not only involves all the participants in the process but also imposes afterthought and continuing intervention, developing changes in the process whenever it is relevant. The techniques used were mainly of qualitative nature – observation, semi structured interviews, informal conversations and also using an inquiry by questionnaire. Thanks to this project we can state that children feel needed towards their relatives’ presence and, when it happens, they feel safer, supported and more committed. It also allowed the ECA school-family relationship to be stimulated, developing a more cooperating and accomplice relationship between these teachers and families.
description: Mestrado em Ciências da Educação - Educação Social e Intervenção Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10773/1093
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001758.pdf17.94 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2