DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Português língua não materna : representações de professores do 1º CEB
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1089

title: Português língua não materna : representações de professores do 1º CEB
authors: Pereira, Sónia Raquel de Paiva Nunes
advisors: Ançã, Maria Helena
keywords: Educação intercultural
Educação das crianças
Ensino de uma segunda língua
Ensino básico 1º ciclo
Língua portuguesa
issue date: 2010
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: As escolas portuguesas recebem, no seu interior, um número cada vez mais crescente de crianças originárias de diversas partes do mundo e, portanto, com o português língua não materna. O sistema educativo português confronta-se, deste modo, com novos desafios de valorização da diversidade linguística e cultural, no sentido de formar cidadãos para uma sociedade cada vez mais plural, onde o diálogo com o Outro é fundamental. É, nesta óptica, que pensamos ser crucial existir uma sensibilização à pluralidade linguística e cultural, constituindo um desafio à capacidade dos professores encontrarem modos de proporcionar actividades de ensino e de formação que permitam compreender a importância da diversidade e da integração destes alunos, tendo como referência as grandes finalidades da educação básica. Partindo deste pressuposto, a presente investigação tem como principal objectivo identificar e analisar as representações das práticas lectivas e os conhecimentos de vinte e dois professores do 1.º Ciclo do Ensino Básico, de modo a possibilitar a construção de um quadro de conhecimentos sobre a integração escolar dos alunos com português língua não materna. Estes conhecimentos e representações das práticas lectivas são analisados a partir de um questionário implementado, no ano lectivo 2008/2009, a vinte e dois professores pertencentes a duas escolas do Agrupamento de Escolas de Aveiro e a duas escolas do Agrupamento de Escolas de Viseu. Apesar dos alunos, com português língua não materna, inseridos nas turmas dos professores questionados não demonstrarem possuir, segundo estes últimos, dificuldades de integração escolar, deparámo-nos, por um lado, com alguma falta de esclarecimento, por parte dos docentes, de aspectos relacionados com a educação intercultural e com a legislação em vigor sobre a integração destes aprendentes. Por outro lado, verificámos, também, o esforço evidente que estes docentes fazem em procurar conhecer melhor os seus alunos, as suas origens, os seus costumes, assim como, a preocupação de adequar as metodologias de ensino, os conteúdos e os recursos materiais às situações específicas. ABSTRACT: The Portuguese schools receive an ever more increasing number of children original of different parts of the world and, therefore, with the Portuguese not as their native language. This way, the Portuguese educative system is facing new challenges of valuation of the linguistic and cultural diversity, in order to form citizens for a more plural society, where the dialogue with the Other is fundamental. It is in this optics that we think it to be crucial the existence of a linguistic and cultural sensitization to diversity, constituting a challenge to the capacity of professors to find ways to provide activities of education and formation that allow them to understand the importance of the diversity and integration of these pupils, having as reference the great purposes of the basic education. Starting from this presupposition, the present inquiry has as its main purpose to identify and to analyze the representations of teaching experiences and the knowledge of twenty two professors of primary school, in order to turn possible the construction of a picture of knowledge on school integration of the pupils with Portuguese not as their native language. These knowledge and representations of teaching experience are analyzed from an implemented questionnaire, in the school year 2008/2009, to twenty two professors belonging to two schools of the” Grouping of Schools of Aveiro” and to two schools of the “Grouping of Schools of Viseu”. Although the pupils with Portuguese not as native language, inserted in the groups of the questioned professors did not demonstrate to have difficulties concerning school integration, we came across, on the one hand, with some lack of clarification, on the part of the professors, of the aspects related with the intercultural education and the legislation in force on this thematic. On the other hand, we have also verified the evident effort that these professors are making in looking for to better know their pupils, their origins, customs, as well as their concern to adjust the education methodologies, the material contents and resources to the specific situations of these pupils.
description: Mestrado em Gestão Curricular
URI: http://hdl.handle.net/10773/1089
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010001695.pdf123.04 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2