DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 O impacto das explicações ao nível da sala de aula: estudo de caso
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1064

title: O impacto das explicações ao nível da sala de aula: estudo de caso
authors: Amaral, Teresa
advisors: Neto-Mendes, António Augusto
keywords: Política educativa
Educação extra-escolar
Sucesso escolar
Desenvolvimento das competências
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A frequência de explicações não é um fenómeno recente, mas ultimamente tem vindo a assumir novas dimensões a que não parece ser alheia a importância atribuída às notas escolares, a nova vaga de exames que foram sendo introduzidos no sistema educativo e as médias exigidas para acesso a determinados cursos do Ensino Superior. Com este trabalho pretendemos analisar o impacto das explicações ao nível da sala de aulas, nomeadamente no condicionamento da relação pedagógica e da dinâmica cognitiva e afectiva do grupo/turma. A abordagem compreensiva e clara desta temática das explicações levou-nos a considerarem simultaneamente, três pilares da educação: os professores e os alunos enquanto elementos estruturantes da relação pedagógica; a natureza dos conhecimentos que dão forma ao currículo e o modo com este se produz; e o contexto social e económico em que se inscreve o sistema educativo. Privilegiámos o estudo de caso e a abordagem essencialmente qualitativa, com destaque para o tratamento descritivo dos dados, do inquérito por questionário a alunos e professores de uma escola secundária com terceiro ciclo. Recorremos ainda a observações e conversas informais com actores (alunos e professores) com um conhecimento profundo da realidade escolar. A leitura dos dados permite inferir que a frequência de explicações interfere, de forma explícita e implícita, nas atitudes dentro da sala de aulas, alterando posturas comportamentais de alunos e professores. ABSTRACT: The frequency of tutoring lessons is not a recent phenomenon, but lately it has taken on new dimensions which is related to the emphasis on grades, the next wave of exams that have been introduced into the education system and the means required to access certain courses of higher education. With this paper we analyze the impact or tutoring lessons on the level of the classroom, particularly in the conditioning of the pedagogical and cognitive and emotional dynamics of the group /class. A comprehensive approach and clear explanation of this issue led us to consider simultaneously three pillars of education: teachers and students as key aspects of the pedagogical relationship, the nature of knowledge that shape the curriculum and the way it is produced, and the social and economic context in which the education system is embedded. We have emphasized an essentially qualitative case study approach especially for the treatment of descriptive data, the survey of students and teachers from a secondary school, including 7, 8 and 9 forms. We also use observation and informal conversations with students and teachers with a thorough knowledge of school reality. The reading of data to suggest that the frequency of tutoring lessons interfere, developing explicit and implicit attitudes in the classroom, changing students and teachers behavioral attitudes.
description: Mestrado em Ciências da Educação - Administração e Políticas Educativas
URI: http://hdl.handle.net/10773/1064
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000493.pdf3.63 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2