DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Escala de avaliação do distúrbio de défice de atenção/hiperactividade: estudo para a aferição à população portuguesa
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1050

title: Escala de avaliação do distúrbio de défice de atenção/hiperactividade: estudo para a aferição à população portuguesa
authors: Lopes, Célia Marisa Almeida
advisors: Gomes, Ana Cardoso Allen
Silva, Carlos Fernandes da
keywords: Desenvolvimento psicológico
Problemas de comportamento
Perturbações da atenção
Hiperactividade
Testes psicológicos
issue date: 2009
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: O objectivo deste trabalho foi a tradução, adaptação e estudo de um instrumento para a avaliação da Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) na população escolar portuguesa, a EDAH (Evaluación del transtorno por Déficit de Atención con hiperactividade), de Anna Farré Riba e Juan Narbona Garcia, 5ª Edição (2003). A EDAH é composta por 20 itens, com duas subescalas de 10 itens cada: 1. Hiperactividade/Défice da Atenção e 2. Problemas de Comportamento (PC). Por sua vez, a primeira subescala compõe-se de duas subescalas, com cinco itens cada: Hiperactividadeimpulsividade (HP) e Défice da Atenção (DA). A versão final portuguesa foi administrada a 68 professores de 27 escolas, resultando numa amostra total de 1092 alunos, 551 rapazes (50,5%) e 541 raparigas (49,5%), com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, do 1º ao 6º ano escolar, contemplando um total de seis Distritos. As qualidades psicométricas do instrumento foram analisadas através das correlações item-total (corrigido), do alfa de Cronbach e os estudos de validade realizados através da Análise Factorial. Foram também incluídos postos percentílicos de referência por ano escolar, idade, sexo e globalidade. As correlações item-total (corrigido) variaram entre 0,405 e 0,825. Os valores dos coeficientes alfa de Cronbach, utilizados para avaliar a consistência interna, foram bastante satisfatórios, tanto para a escala total (α = 0,955), como para as subescalas (HP α = 0,903; DA α = 0,878; PC α = 0,945; HP+DA α = 0,906; HP+PC α = 0,959). Em suma, consideramos que os itens são homogéneos e todos contribuem para a consistência interna do instrumento EDAH. De forma a estudar a validade do instrumento recorremos à análise factorial, com rotação pelo método varimax. A melhor solução factorial compreendeu três factores (factor 1 - problemas de comportamento; factor 2 - hiperactividade, factor 3 - défice da atenção), que explicaram 72,63% da variância total. Os rapazes apresentaram valores medianos significativamente mais elevados do que as raparigas, tanto na escala global como nas subescalas. Foram encontradas diferenças significativas por idade em todas as subescalas, bem como para a escala total, mas apenas nas crianças de sexo masculino: as medianas apontam para reduzida sintomatologia nos rapazes de 8 anos e para uma intensificação aos 12 anos. Também foram encontradas algumas diferenças significativas por ano de escolaridade. Constatámos ainda uma forte correlação entre as subescalas de Hiperactividade e de Problemas de Comportamento. Em conclusão, os resultados obtidos apoiam a fidelidade e validade da versão portuguesa da EDAH. A análise da sintomatologia por género e a forte associação entre hiperactividade e os problemas de comportamento estão de acordo com os dados da literatura. ABSTRACT: The aim of the present study was to develop a Portuguese version of the EDAH scale (Evaluación del transtorno por Déficit de Atención con hiperactividade), Anna Farré Riba e Juan Narbona Garcia, 5th Edition (2003). The EDAH comprises 20 items and two subscales, each with 10 items: 1. Hyperactivity / Attention Deficit, and 2. Conduct Problems (CP). The first subscale may also be subdivided into two subscales: Hyperactivity-Impulsivity (HP) and Attention Deficit (DA). The final Portuguese version was administrated to 68 teachers of 27 schools. The sample comprised 1092 students, 551 boys (50,5%) and 541 girls (49,5%), with ages between 6 and 12 years old, from the 1 st to the 6 st school grades, from six different geographic areas. The psychometric qualities of the instrument were studied using corrected item-total correlations, Cronbach alpha coefficients, and factor analysis. Percentiles values were determined for each gender, age, school year and total sample. Corrected item-total correlations ranged from .405 and .825. Cronbach alpha coefficients, for the EDAH total scale and subscales, were α = 0,955 (total scale), α = 0,903 (HP); α = 0,878 (AD); α = 0,945 (CP), α = 0,906 (HP+AD); and α = 0,959 (HP+CP). A factor analyses was conducted, through principal components analyses and varimax rotation. Three factors, accounting for 72.63% of the total variance, were found, which corresponded to behavioural/ conduct problems (Factor 1), hyperactivity (Factor 2), and attention deficit (Factor 3). Median scores were determined for the total scale and each subscale, and examined by gender, age, and school year. Median scores were significantly higher in boys than in girls, for the total scale and all subscales. There were significant age differences in boys for the total scale and all subscales, with lower symptoms at 8 years old and higher symptoms at 12 years old. Some significant differences by school year also emerged. There was a strong correlation between the Hyperactivity subscale and the Conduct Problem subscale. In conclusion, the results obtained so far indicate that the Portuguese version of the EDAH possesses adequate reliability and validity. The differences by gender, and the strong association among hyperactivity symptoms and conduct problems symptoms, are in accordance with the findings of the literature.
description: Mestrado em Activação do Desenvolvimento Psicológico
URI: http://hdl.handle.net/10773/1050
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2010000288.pdf1.1 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2