DSpace
 
  Repositório Institucional da Universidade de Aveiro > Departamento de Educação > DE - Dissertações de mestrado >
 Comportamentos-problema em creche e práticas educativas
Please use this identifier to cite or link to this item http://hdl.handle.net/10773/1030

title: Comportamentos-problema em creche e práticas educativas
authors: Amaral, Susana Isabel Cardoso Alves de
advisors: Portugal, Gabriela
keywords: Psicologia do desenvolvimento
Educação pré-escolar
Infantários
Educação das crianças
Problemas de comportamento
issue date: 2008
publisher: Universidade de Aveiro
abstract: A presente dissertação tem como principal objectivo compreender a perspectiva, de um grupo de educadoras, sobre os problemas de comportamento verificáveis em crianças, sobretudo até aos três anos, em contexto de creche. Este parece ser um tema extremamente actual e pertinente na Educação de Infância dos nossos dias. Revela-se um tema indissociável da psicologia do desenvolvimento mas também, e sobretudo, de abordagens relacionadas com o comportamento e temperamento da criança, qualidade dos contextos de acolhimento e perfil comportamental, quer da equipa de acolhimento, quer dos pais e/ou encarregados de educação. Nesta dissertação, discutem-se questões sobre o que os educadores entendem por comportamentos-problema; como diferenciam diferentes tipos de problemas de comportamento; e o que costumam fazer perante manifestações comportamentais deste género, tentando desta forma perceber em que medida o seu conhecimento profissional contribui para a forma de ver e de lidar com comportamentos-problema. Os comportamentos-problema são vistos como comportamentos que levantam preocupação ou se apresentam desafiadores para pais e educadores. Parecem ser revelados por crianças que apresentam sinais de tensão emocional, que não se sentem confortáveis consigo próprias e que não parecem ver concretizadas necessidades básicas, o que se reflecte ao nível do seu bem-estar. Se a qualidade do contexto de acolhimento tem efeitos significativos nas crianças, ao nível do desenvolvimento afectivo e social, através da compreensão das perspectivas das educadoras procuramos identificar convergências, divergências e/ ou dificuldades para podermos traçar um “caminho” que conduza à tão pretendida qualidade, “caminho” esse que pressupõe uma prática esclarecida e capaz de dar resposta aos comportamentos mais problemáticos manifestados por crianças durante os primeiros anos de vida. O presente estudo apresenta-se como, marcadamente, interpretativo, partindo das respostas fornecidas pelas educadoras. Os resultados indicam que a definição de comportamentos-problema difere de educadora para educadora; que as educadoras se referem a conceitos que não estão necessariamente associados aos comportamentosproblema (como sendo, doença, atrasos, distúrbios ou incapacidades); os comportamentos indicados como problemáticos parecem ser aqueles que, de certa maneira, dão mais trabalho ao educador ou que, por outro lado, perturbam o bom funcionamento do grupo, e que, apesar de procurarem avaliar a situação, procurar a sua origem e informar a família, não parecem dar muita atenção à procura de informação (investigação), ao conhecimento do background da criança e às diferentes possibilidades de intervenção. ABSTRACT: The present dissertation aims at understanding a group of preschool teachers’ perspective on children’s behaviour at a nursery school. This is an extremely relevant and current issue in the education of young children in our days. It is also correlated to developmental psychology and, furthermore, to approaches related to child temper and behaviour, to the quality of childcare and to the behavioural profile of both staff and parents. This dissertation discusses issues on how preschool teachers define behavioural problems; how they differentiate types of behavioural problems; and what they do faced with such behaviours, therefore, trying to understand how their professional knowledge contributes to the way they handle such problems. Behavioural problems are seen as a concern or a challenge to both parents and preschool teachers. Reflecting their well-being, children who display signs of emotional tension, children who are not self-assured and those who do not have their basic needs satisfied tend to reveal behaviour problems. If the quality of the childcare context has a significant effect on children’s affective and social development, through the comprehension of preschool teachers’ perspectives, I seek to identify convergences, divergences and/or difficulties that can trace the “path”, leading to the aspired quality. This “path” presumes a clear practice which is capable of providing adequate answers to the most problematic behaviours externalised by children at an early stage of life. Following up on the answers given by the preschool teachers, this study is mainly interpretive. The results indicate that the definition of behavioural problems provided by the preschool teachers differs; that the preschool teachers report to concepts that are not necessarily related to behavioural problems (such as, sickness, developmental delay, disturbances or inabilities); that behaviours shown to be the most problematic are those that are more challenging to the preschool teacher, or those that disturb the good functioning of the group. Even though the staff seeks to evaluate the situation by seeking the origin of the problem and informing the family about it, it seems that not much attention is paid to research, to the child’s background and to a range of intervention possibilities.
description: Mestrado em Activação do Desenvolvimento Psicológico
URI: http://hdl.handle.net/10773/1030
appears in collectionsDE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

files in this item

file description sizeformat
2009001020.pdf1.25 MBAdobe PDFview/open
statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! RCAAP OpenAIRE DeGóis
ria-repositorio@ua.pt - Copyright ©   Universidade de Aveiro - RIA Statistics - Powered by MIT's DSpace software, Version 1.6.2